Caio Collet estreia na F4 Francesa como favorito

Apontado por alguns ex-pilotos de F1 como brasileiro mais promissor nas categorias menores, Caio Collet começa a disputa da F4 Francesa neste fim de semana em Nogaro.

Apesar de estar fazendo a transição do kartismo para os monopostos neste ano, Collet é o favorito.

E o favoritismo não é por acaso. Durante a pré-temporada, testou em praticamente todas as pistas do calendário, venceu o volante Winfield – premiação recriada neste ano em que derrotou os demais pilotos do grid para ganhar uma bolsa para correr na F4 -, conquistou a primeira vitória nos monopostos na F4 dos Emirados Árabes e tem como empresário Nicolas Todt, o mesmo de Felipe Massa, Charles Leclerc, Pechito López e o saudoso Jules Bianchi.

Só que a F4 Francesa também é conhecida por complicar a vida de quem chega como favorito.

No ano passado, Victor Martins, campeão mundial de kart de 2016, estreou como principal nome do grid. Venceu três das quatro primeiras corridas, mas o título ficou com Arthur Rougier, que já tinha uma temporada de experiência no campeonato.

Em 2015, Giuliano Alesi era o piloto mais badalado da F4 Francesa por ser filho do ex-F1 Jean Alesi. Aquele grid também contava com Gabriel Aubry e Julien Darras, dois jovens com bom desempenho no kartismo. Mas o campeão foi Valentin Moineault, veterano da categoria, enquanto Sacha Fenestraz, de quem pouco se esperava, se tornou o principal nome da temporada.

E Moineault, no ano anterior, foi apontado como um dos favoritos na pré-temporada, mas terminou o campeonato só em sexto. Outro bem cotado, Dorian Boccolacci, então com apoio da Lotus, ficou com o vice. O campeão foi Lasse Sorensen, piloto que antes tinha se corrido só na Dinamarca.

O que pode ajudar Collet é que neste ano a F4 Francesa terá um novo carro, construído pela Mygale. É o mesmo usado na F4 Inglesa ou na F4 Australiana, mas com o motor Renault.

E o novo equipamento diminui a vantagem de veteranos como Stuart White, Pierre-Louis Chovet e Ugo de Wilde, já que todo mundo começa mais ou menos do zero.

Entre os estreantes, os principais rivais de Collet serão o belga Ulysse de Pauw (seu antigo companheiro de equipe no kartismo), os franceses Théo Pourchaire e Estaban Muth e o monegasco Arthur Leclerc, irmão mais novo de Charles Leclerc, da F1.

O grid da primeira etapa conta com 19 carros, apesar de um 20º piloto, o dinamarquês Noah Watt também tenha sido anunciado. A lista completa você pode clicar aqui para ver.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s