O piloto mais cobiçado do mundo

Robin Frijns
Robin Frijns conquistou o título da temporada 2011 da F-Renault europeia ao vencer em Paul Ricard

Robin Frijns certamente é o primeiro nome na lista de qualquer equipe para a temporada 2012. Esse prestígio, no entanto, não está necessariamente ligado a uma família rica. O holandês de 20 anos de idade não tem à disposição nenhuma conta bancária recheada de petrodólares que o permite correr onde quiser. Ainda que Frijns tenha alguns recursos, o diferencial é que ele é dono do melhor currículo das categorias de base.

Neste domingo, dia 18, o holandês venceu a segunda corrida da etapa de Paul Ricard da F-Renault Eurocup e sacramentou o título da categoria com uma rodada de antecipação. Carlos Sainz Jr, do programa de jovens pilotos da Red Bull, está 59 pontos atrás do adversário e, com 50 em jogo, não pode mais ser campeão.

Mas título da F-Renault não é algo tão especial assim. Se levar em conta apenas o campeonato europeu, Frijns é o 21º vencedor diferente na história da categoria. Na realidade, o que torna o currículo do holandês tão atrativo é que ele é o único piloto a ter sido campeão tanto da F-Renault quanto da F-BMW.

Robin Frijns
Robin Frijns segue uma tendência de campeões sem patrocinadores no carro

Antes de competir no torneio júnior da montadora francesa, Robin Frijns disputava a F-BMW, onde estreou em 2009, ao fazer a transição do kartismo. No primeiro ano, terminou o campeonato em terceiro e foi eleito o novato da temporada (lembrando que Felipe Nasr não era elegível para o prêmio), com uma vitória. Na temporada seguinte, o garoto se manteve na equipe de Josef Kauffmann e acabou conquistando o título por conta de uma polêmica manobra de Javier Tarancon, que tirou da prova o então líder da corrida e do campeonato, Jack Harvey, na etapa derradeira de Monza. Frijns, que nada tinha a ver com o incidente, aproveitou a brecha e levou o título.

Ao final de 2010, o holandês testou com algumas equipes da GP3 e da F2, chegou a se destacar, mas surpreendentemente renovou com a Josef Kauffmann para liderar o time na entrada da F-Renault. Como a F-BMW foi extinta no fim do último ano, a equipe alemã montou um plantel de veteranos para desenvolver o equipamento na nova empreitada. (Além do holandês, o time também contou com o colombiano Óscar Tunjo, vindo da F-BMW do Pacífico e com o francês Mathieu Jaminet, da F4 Francesa).

Competindo contra pilotos que igualmente tinham alguns anos nos monopostos, Frijns somou cinco vitórias no campeonato, além de outros quatro pódios em 2011. A consistência, aliás, foi determinante para o título por antecipação, já que o piloto jamais terminou fora dos cinco primeiros. Sainz, por exemplo, teve problemas em corridas na Hungria e na Inglaterra.

Com os dois títulos mais importantes das categorias de entrada no automobilismo – marca que não pode mais ser igualada já que a F-BMW deixou de existir –, Frijns agora passa a pensar em 2012 sabendo que pode escolher onde correr.

As principais opções são a Van Amersfoort, equipe holandesa atual campeã da F3 Alemã que tem costume de trabalhar com pilotos dos países baixos; a RSC Mücke, por quem já havia testado na GP3 e que tem preferência por jovens do norte da Europa, além de poder oferecer um contrato casado para fazer tanto GP3 quanto F3 Euro Series ao mesmo tempo; a ART Grand Prix, da GP3, que busca campeões; e uma ida para a World Series by Renault (onde competem os dois últimos campeões da F-Renault) e que qualquer time possa oferecer uma vaga.

Dito isso, a situação de Robin Frijns é bastante curiosa. É comum que os pilotos decidam os próximos passos das carreiras pensando na melhor vaga possível com o budget disponível. No caso do garoto, porém, talvez ele precise fazer uni-duni-tê.

Aliás, se tem alguém em que eu ficaria de olho para a F1 daqui umas cinco ou seis temporadas, certamente seria nesse holandês.

2 comentários sobre “O piloto mais cobiçado do mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s