Pietro Fittipaldi
Pietro Fittipaldi venceu pela quarta vez na temporada em Hickory. E foi beber Pepsi ao invés de champagne pela vitória

Pietro Fittipaldi está muito perto de conquistar o título da temporada 2011 da categoria em que compete em Hickory – que você pode clicar aqui e ver um post onde eu explico onde ele corre.

O brasileiro venceu a penúltima corrida da temporada (o quarto triunfo no ano), realizada neste sábado, dia 17, depois de largar da quinta colocação, mas viu o rival Tyler Church terminar em segundo, fazendo com que a diferença entre ambos chegasse aos 24 pontos na tabela de classificação. O legal dessa vitória, aliás, é que o grid da categoria em que o neto de Emerson corre foi o maior de toda a noite em Hickory, com 15 carros.

Como cada posição na pista equivale a duas colocações e o máximo que um piloto pode somar em uma corrida são 50 pontos, Pietro pode ser campeão desde que termine a corrida em 12º.

O curioso dessa história é que o brasileiro já poderia ter conquistado o título anteriormente, mas por conta da chuva em uma das etapas foi adiada e será realizada neste sábado. Depois dessa prova, ainda haverá mais uma rodada, mas apenas para exibição, sem valer pontos no campeonato.

No caso de Pietro conquistar o título, será, obviamente, o primeiro título do Brasil na Nascar, ainda que em uma categoria inferior.

É curioso como certas coisas se repetem. Emerson foi o primeiro brasileiro a vencer os títulos da F3 Inglesa, da F1, da Indy e das 500 Milhas de Indianápolis. Por conta disso, é considerado quem abriu as portas do automobilismo para os atletas do país nesses certames. Será que em uns 40 anos, eu vou postar aqui no blog  alguém vai olhar para trás e ver essa conquista de Pietro como a abertura de portas para o Brasil na Nascar? Eu acho muito difícil, mas é possível.