Helio x Dixon

Helio Castroneves é o líder da Indy em 2013
Helio Castroneves é o líder da Indy em 2013

Helio Castroneves tem em 2013 a chance de conquistar aquilo que busca desde que começou a correr: o primeiro título da carreira. Faltando seis etapas para o fim da temporada da Indy, o brasileiro aparece no topo da tabela, com 425 pontos. O segundo colocado é Scott Dixon, 29 pontos atrás do piloto da Penske.

Além de ver o bom desempenho de Castroneves na pista, tenho comentado que ele vai ser campeão nesta temporada, já que os adversários estão se autoeliminando. Basta ver a sequência de acidentes em que o atual campeão, Ryan Hunter-Reay, se meteu em Detroit, Pocono e Toronto, sendo que na maior parte das vezes nem foi culpa dele.

E a lista de infortúnios dos rivais não para por aí. James Hinchcliffe, o único a vencer três vezes neste ano, bateu na primeira volta da etapa de Pocono. Tricampeão, Dario Franchitti foi a causa da bandeira amarela na Indy 500 e ainda tocou em Helio no Canadá. E Will Power está numa fase tão ruim que vem conquistando os melhores resultados em ovais.

Mas não foi só o brasileiro que se aproveitou dessa situação. Enquanto ele disparou na liderança do campeonato, Dixon contou com três vitórias consecutivas – Pocono e as duas no Canadá – para assumir o segundo posto e se tornar o principal adversário do piloto da Penske na luta pelo título deste ano.

Só que não está sendo fácil tirar Castroneves do primeiro posto. Embora meu comentário sobre autoeliminação dê a entender que a liderança em 2013 se deve principalmente à sorte, isso não é verdade. O brasileiro está sendo de longe o piloto mais regular do grid. Em 13 etapas até agora, é verdade que ele teve apenas uma vitória e seis top-5. Entretanto, somente uma vez terminou fora dos dez primeiros, quando foi 13º na corrida do Anhembi.

Por causa disso, mesmo com as vitórias, Dixon conseguiu tirar apenas 63 pontos para o brasileiro. Antes da etapa de Pocono, o neozelandês era o sétimo no campeonato, 92 pontos atrás do piloto da Penske. Agora ele é o segundo, com 29 de déficit. É verdade que o campeonato está aberto, mas o piloto da Ganassi vai precisar manter a sequência de triunfos – e não ter mais abandonos – se quiser conquistar a terceira taça da carreira.

Como a próxima etapa da Indy é em Mid-Ohio – onde a Ganassi venceu as últimas quatro corridas e o próprio Dixon já tem quatro triunfos lá – a tendência é que a distância entre os dois primeiros diminua ainda mais. Mas as próximas etapas tendem a favorecer o brasileiro, já que a Penske foi a equipe dominante em Sonoma e em Baltimore nos últimos anos.

Dessa forma, Ryan Hunter-Reay e Marco Andretti estão praticamente fora da briga pela taça. O atual campeão está 69 pontos atrás do brasileiro, enquanto o companheiro de equipe vem um ponto atrás. Levando em conta que Dixon precisou vencer três corridas consecutivas para descontar 63, então é bom RHR fazer logo um milagre.

Um comentário sobre “Helio x Dixon

  1. Felipe, eu discordo de você quando fiz que Ryan Hunter-Heay está fora da briga pelo título. Ainda faltam seis corridas para o fim do campeonato e o americano tem uma excelente equipe.
    Mas não tem piloto que merreca mais o título do que Hélio Castroneves, e não escrevo isso só porque ele é brasileiro, mas ele está desse 2000 tentando e sempre batendo na trave, mas acho que esse ano vai..

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s