Cinco pilotos (+1) para ficar de olho em 2010

Rio Haryanto na QI Meritus
Vindo da Indonésia, Rio Haryanto abre a lista de promessas para 2010

Eles podem não ser os mais habilidosos, mas no início da temporada 2010 no automobilismo, alguns jovens já chamam a atenção, seja por conta de uma pré-temporada bem feita, seja por conta da expectativa criada nos últimos anos. O World of Motorsport faz uma lista de cinco pilotos (e um extra) quem vale apena ficarmos de olho. Afinal, alguém, em algum dia, colocou Lewis Hamilton, Felipe Massa, Fernando Alonso e Sebastian Vettel como futuras promessas.

Rio Haryanto – Ok, começar uma lista dessas com um piloto vindo da Indonésia parece loucura. É preciso puxar muito pela memória para lembrar algum compatriota de Haryanto. E mesmo chegando a nomes como Zahir Ali e Satrio Hermanto, o desempenho de ambos compromete o garoto.

Rio tem 17 anos e fez a carreira toda na Ásia. Em 2008, no primeiro ano depois do kart, correu sem destaque na Fórmula Renault asiática, chegando em sexto, conquistando apenas duas vitórias. Já na Fórmula Ásia 2.0, teve um desempenho um pouco melhor, terminando em terceiro.

No ano seguinte, o indonésio fez a F-BMW asiática. E não ia bem até a etapa da Indonésia em Sentul. Haryanto venceu as quatro provas, pulou na frente do campeonato e não parou mais de vencer. Só foi superado pelos pilotos vindos do certame europeu e mesmo assim não fez feio, chegando em segundo na maioria das provas. Em 2010, Rio Haryanto vai correr na GP3 pela equipe Manor.

Kevin Korjus na Fórmula Renault
Nada de André Negrão ou Arthur Pic, Kevin Korjus é o nome da vez na Fórmula Renault

Kevin Korjus – Outro piloto de um país pouco comum na F1, o estoniano Kevin Korjus, também de 17 anos, vem sendo o principal nome da Fórmula Renault em 2010. Em quatro corridas divididas entre o campeonato europeu e o norte-europeu venceu todas. E olha que ele compete pela equipe finlandesa Korainen Bros, que nem estava entre as favoritas.

Na carreira, competiu apenas de Fórmula Renault, primeiro entre Finlândia e Estônia (quando conquistou um segundo e um terceiro lugares) e agora na Europa toda. É bom André Negrão e Arthur Pic ficarem ligados, caso contrário Kevin pode sagrar-se campeão, ignorando o favoritismo da dupla.

Oli Webb na F3 Inglesa
Eis o desafiante da Carlin/Red Bull, Oli Webb

Oli Webb – Se Korjus vem de um país pouco conhecido, não podemos falar o mesmo de Webb. O britânico de 19 anos é a sensação da Fórmula 3 Inglesa, guiando o carro do competente time Fortec, ao ser a principal ameaça para o domínio da equipe Carlin/Red Bull.

O piloto não é dono de uma carreira das mais brilhantes já que nunca conseguiu nenhum resultado expressivo antes do terceiro lugar na Fórmula Renault UK, em 2009. Mas parece que Oliver se encontrou na Fórmula 3. Atualmente, é segundo colocando na Fórmula 3, com 33 pontos, 17 atrás do líder.

Jonathan Louis na época do kart
Jonathan Louis é o principal nome da Fórmula Fiat

Jonathan Louis – Dentre todos os pilotos desta lista, Jonathan Louis é o mais novo. O brasileiro de apenas 15 anos vai fazer em 2010 a primeira temporada em carros de Fórmula, ao competir na F-Fiat, categoria apadrinhada por Felipe Massa.

Como o desempenho do garoto fora do kart ainda é um mistério, pesa a favor os bons resultados conquistados nessa modalidade. Em 2009, Jonathan teve de assumir a responsabilidade de se tornar o principal kartista brasileiro, na faixa etária em que participava, visto que a geração anterior, encabeçada por Pipo Derani, graduou-se para os carros de Fórmula.

O jovem não desapontou e foi campeão brasileiro, sul-americano e ainda levou o cobiçado Capacete de Ouro. Durante a adaptação aos novos carros, Louis ainda teve tempo para disputar a Seletiva Petrobrás, que é a competição mais rentável do kartismo brasileiro, e assegurou uma das doze vagas para a final, logo na primeira etapa.

Alexander Rossi testando para a BMW Sauber
Por causa do título mundial de Fórmula BMW, em 2008, Alexander Rossi pôde testar o carro da BMW Sauber na F1

Alexander Rossi – Nome de campeão ele já tem. Californiano, Rossi, de 18 anos, quer apagar as últimas catastróficas passagens dos compatriotas pela F1. O jovem começou a correr nos Estados Unidos, onde participou da tradicional escola em Barber, Alabama.  Depois correu de Fórmula TR 1600 em uma fortíssima geração liderada por Parker Kligerman, hoje estrela nas divisões da Nascar. Aliás, tranquilamente Kligerman entraria em qualquer lista de pilotos para ficarem de olho.

Voltando a Rossi, o americano fez dois anos de Fórmula BMW Amercias, onde foi campeão e ainda conquistou o título mundial da categoria. Ao contrário do campeão europeu, Esteban Gutierrez, que logo alcançou a F3, o garoto da Califórnia foi obrigado a passar pela menos badalada International Fórmula Master. Em 2010, coincidentemente os dois serão companheiros de AR Grand Prix, na GP3. Alexander ainda encontrou tempo para participar da GP2 Asia, na qual terminou em nono, com 12 pontos.

Daniel Ricciardo e Jean-Eric Vergne
A Red Bull aposta em Daniel Ricciardo e em Jean-Eric Vergne para encontrar um novo Sebastian Vettel

De diferentes categorias e idades, os cinco pilotos acima prometem brilhar em 2010. Quem já começou a aproveitar a fama, é o extra dessa lista. Na realidade, não se trata de apenas um, mas dois pilotos: Jean-Eric Vergne e Daniel Ricciardo.

Daniel, australiano, foi campeão da F3 Inglesa em 2009, após perder o campeonato da Fórmula Renault de 2008 para o finlandês Valteri Bottas. O título inglês rendeu um teste na F1 pela Red Bull, que já o apoiara, e o jovem aproveitou ao ficar constantemente na parte de cima da tabela mesmo em se tratando da primeira experiência em um carro com tal potência. Em 2010, é líder da World Series by Renault, cravando duas poles nas duas primeiras provas.

Jean-Eric, francês, é o atual líder da F3 Inglesa. Assim como Ricciardo, este jovem também é gerenciado pela Red Bull e compete pela equipe Carlin, que fez o campeão nos últimos dois anos. Ainda como o australiano, Vergne chegou à terra da rainha após um vice-campeonato na Fórmula Renault.

Ele chegou a ser anunciado também para a disputa da World Series by Renault, onde poderia duelar com o Daniel Ricciardo. Mas após dominar várias sessões de treinos durante a pré temporada, a equipe SG, para quem ia competir, faliu e o piloto teve de se contentar apenas com o certame inglês.

2 comentários sobre “Cinco pilotos (+1) para ficar de olho em 2010

  1. Daniel Ricciardo esse é o cara. O Vergne é bom, mas ainda aposto mais no australiano.

    Dos cinco que você citou na lista, vejo futuro no Alexander Rossi. E o estoniano parece ser bom também. Quanto ao Haryanto, prefiro esperar, mas acho que ele terá dificuldades.

    Curtir

    1. Concordo totalmente, Verde
      Ricciardo está em uma p*** boa fase. E dois anos atrás ele tomava tempo do Bottas.

      Veja que foi uma lista de pilotos para ficarmos de olho, no caso do Haryanto e do Louis entrou algo mais além do critério técnico. Um é indonésio correndo por uma grande equipe de F3/GP3 o outro é o principal nome de uma categoria escola no Brasil desde a Fórmula Renault.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s