Dúvidas sobre a Manor

ManorApesar do começo da Toyota Racing Series, a grande vencedora no noticiário desta sexta-feira, dia 15, foi a Manor.

A equipe, que chegou a entrar com pedido de mudança de nome no fim do ano passado (e pode ser rebatizada), disse que seu novo carro passou no crash-test obrigatório da FIA e, portanto, pode tomar parte dos treinos de pré-temporada, que começam em 22 de fevereiro, em Barcelona.

O time, sem os pilotos ainda definidos, também acertou com Nicholas Tombazis para o cargo de chefe da aerodinâmica. Mas o grego, responsável por desenvolver o carro da Ferrari entre 2006 e 2014 e demitido após serem superados com facilidade pela Red Bull e por Mercedes, não vai ter muita influência no novo carro, uma vez que o crash-test indica que o equipamento já está pronto.

Com a Manor se reforçando para 2016, quando também terá motor Mercedes e câmbio desenvolvido pela Williams, a grande questão é por que os veteranos John Booth e Graeme Lowdon deixaram a escuderia no fim do ano passado.

Na época, foi dito que eles não tinham um bom relacionamento com Stephen Fitzpatrick, empresário do ramo de energia e dono da Manor desde que investiu 500 mil libras no fim de 2014, salvando-a da falência.

Fitzpatrick teve alguns momentos controversos no ano passado. Ele levou a Manor para o primeiro GP do ano, sendo que a equipe ainda não tinha o equipamento pronto para ir à pista, tanto que Will Stevens e Roberto Merhi nem sequer largaram.

Mas como as equipes não podem perder corridas em sequência (a Marussia já havia ficado de fora das três últimas etapas de 2014), então Fitzpatrick foi obrigado à manobra para não ser punido com a perda da premiação milionária que o time tem direito pelo top-10 nas duas últimas temporadas da F1.

Ele também chegou a negociar para ter motores Renault, considerados piores que o Ferrari da equipe inglesa, já no meio do campeonato passado, mas a negociação não progrediu.

Por outro lado, conseguiu acertar com a Mercedes e montar um equipamento que diz ser quase 3s mais rápido para 2016.

Essas negociações colocam dúvidas sobre o futuro da Manor. Será Fitzpatrick um gênio que transformou a pior equipe do grid em um time relativamente competitivo ou é alguém que atirou para todos os lados antes de montar um bom pacote para 2016 antes de vendê-lo para alguém (se é que essa ainda e a sua intenção).

Anúncios

Um comentário sobre “Dúvidas sobre a Manor

  1. Só por ter chutado o John Booth e o Lowdon,fundadores da Manor,garagistas e apaixonados por corridas,esse Fitzpatrick já não pode ser considerado bom.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s