Não consigo nem me lembrar da última vez em que houve uma 500 Milhas de Indianápolis sem Helio Castroneves e Tony Kanaan. Em 2022, não será diferente, e os dois veteranos serão os representantes brasileiros na principal etapa da temporada da Indy.

Ainda bem que existe o Google para me ajudar. A última Indy 500 sem os dois juntos foi em 2001, quando Kanaan não competiu, e Castroneves obteve sua primeira vitória em uma prova que também contava com os brasileiros Gil de Ferran, Airton Daré, Bruno Junqueira e Felipe Giaffone.

Até me preocupa um pouco os dois representantes do Brasil nas 500 Milhas deste ano serem dois veteranos com 47 anos de idade e que, portanto, estão chegando perto da aposentadoria. Ao menos até agora não surgiu nenhum jovem piloto no país para assumir o posto de sucessor deles.

Contar com dois competidores tão experientes traz a vantagem de que, mesmo quando não estão entre os favoritos, são fortes candidatos à vitória por causa do talento que têm e da quilometragem acumulada ao longo dos anos.

Confira abaixo o que podemos esperar dos pilotos brasileiros nas 500 Milhas de Indianápolis de 2022:

Helio Castroneves (Meyer Shank Honda – nº 06)

Atual vencedor da tradicional prova, o brasileiro não vai tendo um ano fácil correndo pela equipe Meyer Shank. Nas cinco etapas realizadas até agora em 2022, obteve um único top-10, com o nono lugar em Long Beach.

Nas 500 Milhas, não tem sido diferente. Castroneves não esteve entre os dez primeiros em nenhum treino e vai largar somente da 27ª posição. Para se ter ideia, desde que a corrida voltou a ser disputada depois da Segunda Guerra Mundial, somente duas vezes o vencedor partiu de fora do top-20: Dan Wheldon saiu em 26º, em 2005, e Johnny Rutherford começou em 25º, em 1974.

Desde que expandiu para dois carros, a Meyer Shank vem enfrentando dificuldades na Indy, apesar do pódio de Simon Pagenaud no misto de Indianápolis, na etapa anterior.

No oval Indianápolis, porém, como um todo, a Andretti, com quem a esquadra tem uma parceria técnica, está devendo. Tanto que Romain Grosjean foi o único piloto do time a avançar ao top-12 da classificação.

Em busca do inédito pentacampeonato nas 500 Milhas, Castroneves tem como ponto forte ter sido um dos mais rápidos em meio ao tráfego. Ou seja, deve ter um bom ritmo de corrida e condições de ultrapassar os adversários sem maiores problemas para tentar escalar o pelotão. Resta ver se será o suficiente para conquistar a vitória.


Tony Kanaan (Ganassi Honda – nº 1)

Com Jimmie Johnson tendo decidido disputar a temporada completa da Indy em 2022, as 500 Milhas são a única etapa em que Kanaan está confirmado para este ano.

O brasileiro, inclusive, negocia até para fazer sua estreia na Nascar em algumas provas em circuito mistos.

Com o futuro indefinido, Kanaan pode ficar otimista para a Indy 500, já que a Ganassi é a favorita para este ano. Tendo deixado a Nascar no fim de 2021, a escuderia colocou todos os seus cinco pilotos no top-12 em Indianápolis e apenas Johnson ficou fora do top-6 do grid.

É claro que treino é treino e corrida é corrida, mas a vantagem é tão grande que as outras equipes vão precisar apostar em uma estratégia diferente ou contar com a sorte se quiserem ficar com a vitória.

Apesar de Kanaan só estar disputando uma etapa da Indy neste ano, as 500 Milhas é o melhor lugar para competir, devido às duas semanas de treinos. Ou seja, ele teve bastante tempo para se reacostumar com o equipamento e com a sensação de velocidade do oval.

Além disso, está em relativa boa fase, tendo obtido um quarto lugar na segunda bateria da etapa do Velo Città, seu melhor resultado na Stock Car até agora.

Somando a experiência acumulada, o equipamento dominante da Ganassi e a fase positiva atual, será uma surpresa muito grande se Kanaan não andar entre os ponteiros ao menos em parte das 500 Milhas. Mas é inegável que Scott Dixon e Alex Palou, dois de seus companheiros de equipe, estejam um pouco à frente neste momento.

Agora que você já sabe quem são os brasileiros nas 500 Milhas de Indianápolis, pode clicar aqui para ver os resultados completos da Indy, assim como os das demais principais categorias do automobilismo mundial no fim de semana.

Helio Castroneves não está em boa fase, mas busca o inédito pentacampeonato da Indy 500 – foto: honda/divulgação