Não demorou muito para que 2022 tivesse sua primeira candidata à melhor corrida do ano. Aconteceu logo no dia 21 de janeiro, na primeira bateria da rodada de abertura da F4 dos Emirados Árabes, em Abu Dhabi.

Neste ano, a F4 dos Emirados Árabes ganhou uma importância ainda maior, porque marca a estreia da segunda geração dos carros de Fórmula 4, que serão usados nos restantes dos campeonatos do mundo – incluindo aqui no Brasil – nos próximos meses.

Para acelerar o processo de adaptação e de acerto do novo equipamento, muitas das principais equipes do continente europeu, como Prema, Hitech, MP e R-Ace, resolveram participar do torneio realizado ao longo de cinco fins de semana durante o inverno europeu.

Dos cerca de 30 inscritos para correr na F4 dos Emirados Árabes, um é o brasileiro Rafael Câmara, que em 2022 está fazendo a transição do kartismo para os carros de fórmula. Só que o jovem piloto teve um problema de saúde (que você já deve imaginar qual é) e foi obrigado a ficar de fora da rodada de abertura.

No lugar dele, entrou o italiano Andrea Kimi Antonelli, que desde o segundo semestre de 2021 tem se preparado para disputar o título da F4 Italiana neste ano. O piloto, inclusive, é um dos poucos que já tinham experiência no novo equipamento, ao ter participado da prova realizada como preliminar no GP de Abu Dhabi da F1.

Como foi a melhor corrida de 2022 até agora

Antonelli acabou sendo o grande protagonista da primeira corrida do ano. Largando da terceira colocação, ele logo herdou uma posição quando o pole, o tailandês Tasanapol Inthraphuvasak, ficou parado no grid. A partir daí, o italiano se preparava para atacar o britânico Aiden Neate, seu companheiro na Prema, quando o safety-car foi acionado para recolher quatro carros acidentados e que haviam ficado parado no meio do traçado de Yas Marina.

Nesse momento, a prova esfriou. A bandeira amarela permaneceu acionada por longuíssimos quase 20 minutos, e parecia que a corrida poderia terminar atrás do carro de segurança.

Mas com cerca de cinco minutos para o fim, a relargada foi autorizada, e Antonelli aproveitou para colar em Neate. Na penúltima volta, o italiano concentrou seus ataques nas duas longas retas opostas, onde pôde fazer uso do vácuo.

Na primeira tentativa, os dois pilotos dividiram a chicane, e o italiano completou a ultrapassagem cortando a curva, precisando devolver a posição logo em seguida.

Isso permitiu que James Wharton, no terceiro carro da Prema, colasse na dupla e em alguns momentos tentasse até colocar os três lado a lado.

Quando os competidores chegaram às retas opostas na última volta, Antonelli conseguiu se aproximar ainda mais de Neate e mergulhou para fazer a ultrapassagem. Os dois fizeram a chicane que separa as retas lado a lado, com Wharton emparelhando com a dupla.

Faltava menos de meia volta para o fim da corrida, certo? Quem será que seria o vencedor?

Errado! A F4 dos Emirados Árabes usa o paddock reserva de Yas Marina, então a largada (e a chegada) são na segunda reta oposta, que antecede a curva 9 e o trecho do hotel. Ou seja, com os carros da Prema lado a lado, a bandeirada foi acionada e pelo olho nu não dava para dizer quem foi o ganhador.

No photochart, Antonelli superou Neate por somente 3 milésimos e segundo, para conquistar sua primeira vitória da carreira nos carros de fórmula. Wharton foi o terceiro, 0s1 atrás.

Só que a bandeirada em um ponto diferente da pista e a corrida não ter mais uma volta após o cronômetro ter sido zerado (o que é de praxe em categorias com provas disputadas por tempo) confundiram os pilotos, que continuaram a disputa pela primeira colocação mesmo após cruzarem a linha de chegada. Foi preciso a direção de prova acionar a bandeira vermelha para eles entenderem que já havia terminado.

Ainda faltam mais de 300 dias para terminar 2022, mas já fica uma dúvida: será que alguma corrida conseguirá ser mais emocionante que a rodada de abertura da F4 dos Emirados Árabes?

Você pode clicar aqui para conferir os resultados completos da F4 dos Emirados Árabes, assim como os das principais categorias do automobilismo mundial no fim de semana.

Abaixo você pode assistir ao emocionante fim de prova em Abu Dhabi: