As férias de verão são um dos períodos do ano mais agitados da F1…. no mercado de pilotos. É quando rumores e especulações sobre quem vai correr por qual equipe no ano seguinte começam a pipocar.

Veja abaixo como as esquadras com motor Mercedes estão se preparando para alinhar na F1 2022.

Para não deixar este texto muito longo, dividi as dez escudeiras da principal categoria do automobilismo mundial em partes. A segunda parte, com Ferrari, Alfa Romeo e Haas, está aqui.

E você pode clicar aqui para ler sobre os rumores sobre Red Bull, Alpha Tauri e Alpine.


Mercedes na F1 2022

2021 – Lewis Hamilton e Valtteri Bottas
2022 – Lewis Hamilton, George Russell (?), Valtteri Bottas (?), Lance Stroll (kkkk?)

A menos que a sugestão de Jacques Villeneuve para que a Mercedes contrate Lance Stroll seja levada em conta, a segunda vaga da equipe alemã está entre Valtteri Bottas e George Russell.

Prestes a completar 32 anos de idade, o finlandês está em sua quinta temporada na escuderia, tendo constantemente seu desempenho questionado. Seu principal problema é a comparação com Lewis Hamilton. Enquanto o britânico já venceu quatro vezes neste ano, Bottas tem apenas um segundo lugar como melhor resultado. Em algumas etapas, como em Baku e em Imola, nem sequer foi competitivo.

Por outro lado, o finlandês conta com o apoio de Hamilton para renovar por mais um ano. Afinal, estamos falando de um competidor que terminou com o vice nos dois últimos campeonatos e não é uma ameaça ao posto de primeiro piloto do britânico.

Mas quem aparece como favorito para ficar com a vaga na Mercedes é Russell. No GP da Hungria, o britânico enfim conseguiu seus primeiros pontos na F1 pela Williams, além de ter impressionado a montadora alemã ao substituir Hamilton no GP de Sakhir do ano passado, quando lutou pela vitória, apesar dos erros cometidos pela escuderia.

A maior prova do favoritismo de Russell é que neste ano termina seu contrato com a Williams e, portanto, estaria livre para assinar com qualquer outra equipe do grid. No entanto, ele não é especulado em nenhum outro ligar. Sinal de que ele não está mais disponível.


McLaren na F1 2022

2021: Lando Norris e Daniel Ricciardo
2022: Lando Norris e Daniel Ricciardo

Em seu primeiro ano como cliente da Mercedes, a McLaren vem sendo um dos grandes destaques da temporada 2021 da F1. Lando Norris ocupa a terceira colocação na tabela, atrás somente de Hamilton e de Max Verstappen, e já subiu ao pódio três vezes: em Imola, em Mônaco e no Red Bull Ring.

O problema tem sido Ricciardo, que vem sofrendo para se adaptar ao carro da McLaren e obteve um único top-5 até aqui.

Com os dois pilotos garantidos para 2022, cabe ao australiano melhorar seu desempenho e mostrar o mesmo ritmo de seus anos de Red Bull para ajudar a escuderia britânica a tentar brigar com os rubro-taurinos e também com a Mercedes.


Aston Martin na F1 2022

2021: Sebastian Vetttel e Lance Stroll
2022: Sebastian Vettel e Lance Stroll (?)

Eu amo como a Aston Martin todo ano faz mistério para confirmar que Lance Stroll será o segundo piloto do time na temporada seguinte.

Afinal, seu pai, Lawrence Stroll, é o dono da equipe e um dos principais acionistas da montadora britânica.

Assim, a menos que haja alguma mudança repentina de planos, podemos admitir que Lance estará no segundo carro da Aston Martin em 2022, o que nos leva à seguinte questão: quem vai marcar os pontos que a esquadra é capaz de conquistar?

O canadense, por mais que tenha evoluído, não vem fazendo um bom 2021. Pontuou em seis das 11 etapas realizadas até o GP da Hungria, mas jamais foi além do oitavo lugar, o que o relega à 14ª colocação na tabela de pontos.

Já Sebastian Vettel vem sendo o piloto de altos e baixos dos últimos anos. De um lado, o alemão terminou no pódio em Baku, depois de liderar boa parte da prova, e estava na luta pela vitória do GP da Hungria, embora tenha sido desclassificado devido a uma pane seca.

Do outro, rodou sozinho no começo do GP da Inglaterra, envolveu-se em um acidente no GP da Áustria e recentemente passou por um longo jejum sem alcançar o Q3 nas classificações.

Fica a impressão que, se a Aston Martin tivesse um piloto mais consistente (como era o caso de Sergio Pérez até o ano passado), o time teria somado mais que os 48 pontos obtidos até agora.

Ou seja, pode não ser agora que virá mudanças na dupla titular, mas a tendência é que o time se mexa, ainda mais depois de tantos reforços que vêm sendo trazidos entre engenheiros e projetistas.


Williams na F1 2022

2021: George Russell e Nicholas Latifi
2022: George Russel (?), Nicholas Latifi (?), Nyck de Vries (?), Nico Hulkenberg (?), Daniil Kvyat (?), Valtteri Bottas (?), Guanyu Zhou (?), Oscar Piastri (?), Alex Albon (?)

Em seu primeiro ano sem a família Williams no comando e tendo sido adquirida pelo fundo de investimentos Dorilton Capital, a tradicional escuderia britânica vem mostrando evolução. Russell passou a constantemente alcançar o Q2 nas classificações – inclusive tendo passado ao Q3 em Silverstone e sido o segundo em Spa -, e tanto ele quanto Latifi finalmente pontuaram em Hungaroring (embora seja verdade que o acidente na largada tenha dizimado praticamente metade do grid).

Por essa melhora, as vagas na Williams passaram a ser cobiçadas, ainda mais com a mudança de Russell para a Mercedes estando praticamente certa.

Com a saída do britânico, a equipe sabe que precisará de um piloto que possa liderar seu desenvolvimento rumo ao meio do pelotão. Opções não faltam. Entre os mais cotados estão os veteranos Nico Hulkenberg e Alex Albon e também o jovem promissor Nyck de Vries, por enquanto o único campeão da F2 a não ter subido para a principal categoria do automobilismo mundial, mas que acaba de conquistar a taça da Formula E.

De Vries é reserva da Mercedes à F1, e sua contratação seguiria o mesmo caminho do quem vem sendo feito com Russell até agora.

No outro carro, Latifi estaria praticamente garantido, uma vez que seu pai é um dos empresários mais ricos do mundo e quem paga boa parte das contas da escuderia.

Só que o Dorilton Group já disse que não depende mais de pilotos pagantes, por isso que o retorno do canadense não está 100% garantido.

Outros que são especulados na esquadra de Grove são Guanyu Zhou e Oscar Piastri, destaques na F2 em 2021. Ambos fazem parte da academia da Alpine, mas, sem espaço na equipe francesa após a renovação de Esteban Ocon, poderiam ser emprestados para a Williams em 2022.

Você pode clicar aqui para conferir a segunda parte, com Ferrari, Haas e Alfa Romeo. O então clicar aqui para ler sobre os rumores sobre Red Bull, Alpha Tauri e Alpine.

Sebastian Vettel, Aston Martin, F1, Fórmula 1, 2022, mercado de pilotos
Sebastian Vettel vai tendo altos e baixos na Aston Martin na F1 – foto: lukas raich/own work/CC BY-SA 4.0