Entre as grandes corridas de 24 horas de duração, a de Nurburgring não é a mais famosa. As 24 Horas de Le Mans são as mais tradicionais, as de Daytona têm crescido ainda mais por serem realizadas no começo do ano (um momento em que há pouca concorrência) e as de Spa-Francorchamps se estabeleceram como a principal prova para carros de GT3.

Mas cabe às 24 Horas de Nurburgring serem a maior do ano em números absolutos.

Em primeiro lugar, é disputada em Nordschleife, o traçado completo de Nurburgring, de 154 curvas, 25,3 km de extensão e que os pilotos mais rápidos levam mais de oito minutos para completar uma volta por lá.

Além disso, como a corrida é aberta para uma variedade muito grande de equipamentos (podem competir modelos GT3, GT4, TCR, Porsche Cup e de outras categorias exclusivas da Alemanha), são mais de 120 carros inscritos, com quatro pilotos em cada um deles. Ou seja, quase 500 participantes vão tomar parte da prova deste fim de semana.

Disputadas desde o anos 1970, as 24 Horas de Nurburgring até hoje já tiveram dois brasileiros como vencedores. O primeiro foi o empresário e ex-piloto Antonio Hermann (ex-Banco BMG), que corria com o pseudônimo Tonico de Azevedo e levou a melhor em 1993, quando dividiu um Porsche com o austríaco Franz Konrad, o sueco Örnulf Wirdheim e o alemão Frank Katthöfer.

Já 17 anos mais tarde, foi a vez de Augusto Farfus carregar a bandeira brasileira ao degrau mais alto do pódio, competindo pela BMW, marca que defendeu durante a maior parte da carreira.

Na ocasião, ele correu ao lado do ex-F1 Pedro Lamy, que acabou conquistando sua quinta vitória nas 24 Horas, e dos alemães Uwe Alzen e Jorg Müller, que também fizeram história pela BMW.

Farfus, aliás, é o único brasileiro entre os quase 500 inscritos para a edição 2021 das 24 Horas de Nurburgring.

Augusto Farfus nas 24 Horas de Nurburgring de 2021

No ano passado, Farfus terminou com a terceira colocação na prova, mas nesta temporada ele terá mais dificuldades para repetir o bom resultado.

O motivo é que o brasileiro está inscrito pela equipe júnior da BMW, não pelos principais times de fábrica da marca.

A BMW é uma montadora que nos últimos anos tem investido bastante para revelar novos nomes para as corridas de carro GT. A mais famosa integrante do seu programa júnior é a holandesa Beitske Visser, que defendeu a fabricante antes de se transferir para a W Series e para o WEC.

Em 2021, a nova geração da BMW conta com o britânico Dan Harper, o alemão Max Hesse e o americano Neil Verhagen, que já chegou a defender o Red Bull Junior Team.

Neste ano, a montadora tem inscrito um carro para o trio nas corridas do campeonato alemão de endurance (o NLS), o qual todas as etapas são em Nordschleife, e colocou Farfus para servir como mentor e referência para seus pupilos.

Por isso, por mais que o brasileiro seja um dos pilotos mais experientes do mundo em corridas de longa duração, onde já venceu, além de Nurburgring, a Copa do Mundo de carros GT (em Macau) e as 24 Horas de Daytona (na divisão GTLM) em 2019 e 2020, a inexperiência dos seus parceiros pode falar mais alto, ainda mais com a ameaça de chuva ao longo da prova.

Outro motivo para a BMW ficar preocupada é a troca de modelo GT3 da marca. Atualmente, a BMW compete com o M6, que há alguns anos não é atualizado, então há uma defasagem em relação a carros GT3 mais novos de outras fabricantes. O novo exemplar da BMW, o M4, inclusive, foi lançado nesta semana em Nurburgring e deverá fazer a estreia nas pistas no segundo semestre.

Só que todos os anos a gente aponta a BMW como elo mais fraco do grid por andar com um carro desatualizado, mas a montadora é a atual campeã das 24 Horas de Nurburgring e também do IGTC, o campeonato mundial de GT3, neste último com Farfus como parte da tripulação vitoriosa. Então melhor nunca descartar a fabricante.

Você pode clicar aqui para ver os quase 500 inscritos para as 24 Horas de Nurburging de 2021.

E clicar aqui para conferir os resultados completos da corrida, assim como os das principais categorias do automobilismo mundial no fim de semana.

A BMW aproveitou as 24 Horas de Nurburgring de 2021 para lançar seu novo modelo GT3 – fotos do post: bmw/divulgação