Confira neste post as fotos do novo carro da Red Bull para a temporada 2021 da F1, o RB16B, e o que esperar da equipe que pode acabar com o reinado de Mercedes neste ano:

Pilotos da Red Bull na F1 2021:
11 – Sergio Pérez (MEX)
33 – Max Verstappen (HOL)

A Red Bull tem ganhado a fama na F1 de equipe que começa a temporada devagar, mas vai melhorando ao longo do ano.

A matemática explica. Se pegarmos somente as seis últimas corridas de cada temporada desde que Max Verstappen se juntou ao time, em 2016, a Red Bull conquistou seis vitórias nessa seleção. Se levarmos em conta as outras 14 ou 15 etapas restantes de cada ano, ou seja, uma quantidade quase três vezes maior de GPs, foram oito os triunfos.

Como prova dessa melhora tardia da Red Bull, Verstappen é o atual vencedor do GP de Abu Dhabi, prova que encerrou a temporada passada e é disputada no circuito da Yas Marina, onde a Mercedes é que costuma ir bem.

Mas há motivos para acreditar que neste ano a fabricante de energéticos possa ter um rendimento melhor ao longo de todo o campeonato. O principal é que Verstappen foi o piloto mais rápido da pré-temporada, fazendo com que os rubro-taurinos liderassem a atividade pela primeira vez.

Além do bom desempenho do holandês, Sergio Pérez, no outro carro da Red Bull, surpreendeu, mostrando bom ritmo tanto nas voltas rápidas quanto nas simulações de corridas.

Se levarmos em conta que a Mercedes terminou os treinos coletivos no Bahrein enfrentando problemas mecânicos e reclamando da traseira do carro, pode ser que enfim tenha chegado o ano que o reinado da marca alemã vá acabar.

Mas sempre vale o alerta. A Mercedes não costuma andar bem na pré-temporada. Prefere esconder o jogo e mostrar do que é capaz só quando o campeonato começa. Tanto que até 2019 quem liderava os treinos coletivos era a Ferrari, mas na hora que as corridas começavam Lewis Hamilton praticamente não tinha adversários na luta pelo título.

Falei mais acima do bom desempenho de Pérez, e a chegada do mexicano é uma das grandes novidades da Red Bull para a temporada 2021 da F1. Ele foi o escolhido para substituir Alexander Albon, após terminar o campeonato passado com a quarta colocação, tendo vencido o GP de Sakhir e mesmo assim sido dispensado da equipe que hoje é a Aston Martin. Já o tailandês será reserva do time e disputará algumas etapas do DTM a bordo de uma Ferrari.

Com Pérez, a Red Bull ganha outro piloto capaz de “morder” a Mercedes. Até o ano passado, somente Verstappen conseguia incomodar Hamilton e Valtteri Bottas. É verdade que o holandês vencia algumas corridas. Mas era muito pouco para fazer frente ao time alemão no Mundial de Construtores.

Para que Verstappen e Pérez tenham chances de brigar pelas primeiras colocações, a Red Bull desenvolveu o RB16B, que, como o próprio nome indica, é uma versão B do RB16 do ano passado. Segundo Christian Horner, o chefe da escuderia, o equipamento deste ano é 60% igual ao de 2020.

Um dos pontos de melhora para 2021 foi o motor, com a Honda desenvolvendo a última versão do propulsor. A marca deixará a F1 no fim desta temporada, mas a Red Bull continuará a operar o equipamento nos próximos anos. Para isso, as equipe aceitaram proibir atualizações nos motores a partir do fim deste ano, também como uma forma de diminuir os custos.

A esquadra também precisou corrigir problemas de equilíbrio do carro enfrentados no ano passado. Aqui que as mudanças são mais visíveis. Por exemplo, o RB16B, novo carro da Red Bull para a temporada 2021 da F1, tem um novo formato de entrada de ar no bico, com menos dutos. Já a peça aerodinâmica na lateral do bico, chamada de “capa” e que servem para direcionar o ar, também foram reformuladas.

Na traseira, o time refez a parte onde vai a caixa do câmbio e a suspensão, deixando-a mais elevada possível, como uma maneira de permitir maior passagem de ar para o difusor, gerando mais dowforce, algo que a própria Mercedes já havia desenvolvido.

Também há mudanças no sidepods e no assoalho como consequências das novas regras deste ano, que determinam que o assoalho precisa ficar mais rente à carenagem.

PONTOS FORTES DA RED BULL 2021 NA F1

Max Verstappen é um dos pilotos mais talentosos que chegaram à F1 nas últimas décadas e conta com um equipamento projetado por Adrian Newey, cujas criações já conquistaram dez títulos mundiais. Talvez apenas Lewis Hamilton e Mercedes formem uma combinação tão forte quanto essa.

PONTOS FRACOS DA RED BULL 2021

Max Verstappen voltou a ter um número elevado de abandonos em 2020, não tendo completado cinco GPs. Nem todos os abandonos foram por culpa dele. Em Sakhir, por exemplo, acabou envolvido no acidente entre Charles Leclerc e Pérez e não teve como escapar.

Aliás, é por essa razão que os rubro-taurinos preferiram trazer o mexicano para o lugar de Albon em vez de promover mais alguém do Junior Team. É que, caso Verstappen enfrente problemas, seu experiente companheiro terá condições de salvar pódios e até mesmo vitórias.

foto do topo: clive mason/getty images/red bull content pool

Red Bull, RB16B, F1, 2021, Fórmula 1, novos carros da F1 2021, novos carros da F1, Red Bull RB16B, 2021
A “capa” do bico é a peça que fica logo abaixo do touro vermelho no RB16B, o novo carro da Red Bull para a temporada 2021 da F1 – foto: red bull content pool
Red Bull, RB16B, F1, 2021, Fórmula 1, novos carros da F1 2021, novos carros da F1, Red Bull RB16B, 2021
A Red Bull reformulou o formato dos dutos da entrada de ar do bico no RB16B, o novo carro da equipe para a temporada 2021 da F1 – foto: red bull content pool
Red Bull, RB16B, F1, 2021, Fórmula 1, novos carros da F1 2021, novos carros da F1, Red Bull RB16B, 2021
O novo Red Bull RB16B, carro para a temporada 2021 da F1, visto de lateral – foto: red bull content pool

Abaixo você pode clicar nos links em azul para ver sobre os novos carros da F1 2021:
Mercedes W12
Ferrari SF21
McLaren MCL35M
AlphaTauri AT02
Alfa Romeo C41
Alpine A521
Williams FW43B
Haas VF-21
> Aston Martin AMR21