Após quase dois meses sem corridas, a temporada 2021 da Imsa retorna com uma de suas etapas mais tradicionais: as 12 Horas de Sebring. Dessa vez, são quatro os pilotos brasileiros confirmados no grid.

Para falar a verdade, eram para ser cinco, mas a equipe Riley, da divisão LMP3, preferiu escalar Felipe Fraga como reserva no fim de semana. O motivo é que o brasileiro demorou para chegar aos EUA devido a problemas no visto americano, e outro competidor (o americano Spencer Pigot, ex-Indy) já tinha participado dos testes da escuderia visando a corrida. Dessa maneira, Fraga está em Sebring, mas fora do carro.

Outros brasileiros que costumam tomar parte da Imsa estão ausentes neste fim de semana. Helio Castroneves estava escalado apenas nas 24 Horas de Daytona, uma vez que seu foco em 2021 será a Indy, e Daniel Serra e Marcos Gomes estão fora, já que não há nenhuma Ferrari inscrita para a corrida.

Abaixo, você confere quem são os quatro brasileiros nas 12 Horas de Sebring de 2021:

Os brasileiros nas 12h de Sebring 2021

Pipo Derani (Action Express Cadillac nº 31): o brasileiro chega à segunda etapa da temporada 2021 da Imsa em busca de recordes. Ele acumula três vitórias nas 12 Horas de Sebring e está empatado com nomes como Phil Hill e Mario Andretti entre os maiores ganhadores da prova. Na frente dele, só quem fez carreira pela Audi, marca que dominou as competições de longa duração no início dos anos 2000.

Paralelamente à sua campanha na Imsa, Derani se prepara para retornar ao WEC, onde deve disputar etapas deste ano com o hipercarro da Scuderia Glickenhaus. Apesar de a marca americana ser menos conhecida – e ter menos recursos – que Toyota e Alpine, ela conta com equipes de peso por trás, como a Sauber e a Joest (que inscrevia os carros da Audi mencionados acima), além de pilotos de ponta, como Derani e o ex-Indy Ryan Briscoe.

Nas provas de longa duração, o brasileiro também já ganhou em sua carreira as 24 Horas de Daytona e também tem um primeiro lugar na Petit Le Mans.


Felipe Nasr (Action Express Cadillac nº 31): mais uma vez ao lado de Pipo Derani, o ex-F1 é considerado um dos favoritos à vitória nas 12 Horas de Sebring, prova em que chegou na primeira colocação em 2019.

Tudo por causa do bom retrospecto deles no tradicional circuito nos últimos anos. Além do triunfo em 2019, Nasr e Derani ganharam a corrida sprint realizada em Sebring na metade do ano passado, agendada às pressas para marcar a volta da Imsa após a pausa provocada pelo contexto global em que estamos vivendo. E os dois brasileiros estavam na luta pela vitória das 12 Horas (em novembro), quando se envolveram em um acidente com Juan Pablo Montoya.

A dupla, aliás, precisa de um bom resultado neste fim de semana depois de ter enfrentado problemas mecânicos na abertura da temporada, nas 24 Horas de Daytona, quando terminaram na oitava colocação, 23 voltas atrás, devido a um problema no câmbio.

Do lado positivo, Nasr e Derani têm um primeiro lugar em 2021: eles ganharam a corrida de classificação em Daytona, que definiu o grid de largada para as 24 Horas. Em sua carreira, o ex-F1 também já trinfou na Petit Le Mans e, em 2018, foi campeão da Imsa.


Augusto Farfus (RLL BMW nº 24): um dos mais experientes entre os pilotos brasileiros que correm no exterior, Farfus não vai ter vida fácil nas 12 Horas de Sebring de 2021. O motivo é que a BMW vem cada vez mais diminuindo o investimento em seus times de fábrica pelo mundo. Tanto que neste ano a marca está confirmada na Imsa somente nas corridas de longa duração.

Situação bem diferente da Corvette, cuja prioridade é garantir mais um título.

O que pode pesar a favor do brasileiro é que apenas cinco carros vão disputar a classe GTLM em Sebring: as duas BMW, os dois Corvette e o Porsche da equipe Weathertech. Ou seja, sem tanta concorrência aumentam as chances de pódio – e de vitória.

No endurance, como as corridas de longa duração são chamadas, Farfus é o atual campeão do IGTC e já venceu as 24 Horas de Nurburgring, em 2010, e a Copa do Mundo de carros GT, em Macau, há três anos. Fora, suas duas vitórias nas 24 Horas de Daytona, na divisão GTLM, obtidas em 2019 e 2020. Na prova deste ano, ele divide a BMW com o americano John Edwards e o finlandês Jesse Krohn.


Bia Figueiredo (Team Hardpoint EBM Porsche nº 88): foi a chegada de um novo patrocinador (a fabricante de relógios Richard Mille) que mudou a temporada 2021 da equipe Hardpoint EBM e permitiu que a esquadra passasse a inscrever um segundo carro na divisão GTD da Imsa.

Nos últimos anos, a Richard Mille tem investido cada vez mais em pilotas, e na Imsa são as veteranas Katherine Legge e Christina Nielsen que estão nesse segundo carro da Hardpoint EBM.

Quando chegou a hora de definir quem seria a terceira tripulante do trio para as corridas de longa duração, Legge e Nielsen indicaram Bia Figueiredo. A brasileira tinha sido companheira delas, há dois anos, no Acura da equipe Meyer Shank.

Bia, como muita gente acompanhou, estava afastada das pistas nacionais e internacionais porque tinha acabado de ter um filho e também porque a família do marido dela é investigada pela Justiça do Rio. A equipe Hardpoint EBM atendeu o pedido das suas duas pilotas e entrou em contato com a brasileira, para ver ser ela estava liberada para correr.

A resposta era que estava, sim. Bia enviou ao seu novo time um documento em que a Justiça diz que não há nenhuma suspeita em relação a ela. Quem estão sendo investigados é o marido e a família do marido, não a pilota. Com o documento, a brasileira recebeu o sinal verde e agora se prepara para retomar a carreira após mais de um ano afastada.

Agora que você já conhece quem são os pilotos brasileiros confirmados nas 12h de Sebring de 2021, pode clicar aqui para conferir todos os horários e os resultados completos da prova, assim como os das principais categorias do automobilismo mundial no fim de semana.

E abaixo você confere todos os carros inscritos para as 12 Horas de Sebring. Clique nas imagens para ampliar, se necessário.

foto do topo: bmw/divulgação

12 Horas de Sebring, 12h de Sebring, brasileiros, 2021, Felipe Nasr, Pipo Derani, Augusto Farfus, Bia Figueiredo
12 Horas de Sebring, 12h de Sebring, brasileiros, 2021, Felipe Nasr, Pipo Derani, Augusto Farfus, Bia Figueiredo
Confira todos os carros e os brasileiros que vão disputar as 12 Horas de Sebring de 2021 – imagens de baixo: andy blackmore