Haas, VF-21, F1, 2021, Fórmula 1, F1, novos carros da F1 2021, Haas, novos carros da F1, VF-21, 2021

Novos carros da F1 2021 – Haas VF-21

Confira neste post as fotos do novo carro da Haas para a temporada 2021 da F1, o VF-21, e o que esperar da equipe que já corre um sério risco de ser a pior do grid neste ano:

Pilotos da Haas na F1 2021:
9 – Nikita Mazepin (RUS)
47 – Mick Schumacher (ALE)

Ao que tudo indica, não será na temporada 2021 da F1 que a Haas se transformará em rockstars (estrelas do rock).

Não entendeu o comentário? Essa foi uma expressão usada pelo chefe da equipe. Gunther Steiner, para descrever o desempenho que o time vinha tendo no GP da Austrália de 2018. Em uma ligação a Gene Haas, o dono da escuderia, o dirigente disse que a esquadra estava se sentindo como estrelas do rock, mas acabou aquela corrida como um bando de palhaços (wankers) após tanto Kevin Magnussen quanto Romain Grosjean terem abandonado por falhas nos pit-stops quando estavam lutando pelo pódio.

A ligação de Steiner para Haas foi flagrada pela turma da Netflix que filma a série Drive to Survive e acabou viralizando.

Para falar a verdade, nos últimos anos a Haas está mais para o grupo de palhaços mesmo. Não pelo desempenho em si. É normal escuderias viverem altos e baixos. Mas, sim, por uma série de polêmicas extra-pista que tem manchado a reputação do time.

A primeira foi em 2019, quando a esquadra anunciou o patrocínio de uma empresa chamada Rich Energy, que pretendia lançar um energético. O acordo foi desfeito no meio daquele ano, com a fabricante de bebida anunciado pela redes sociais que era inadmissível perder para a Red Bull. Mas o tal energético em si nunca foi comercializado, e a suspeita é que a marca nem sequer tinha o dinheiro necessário para honrar o patrocínio com a Haas.

Para 2021, a polêmica da vez é o carro pintado nas cores da bandeira da Rússia. A Haas mudou o layout para 2021 por causa da chegada de um novo patrocinador, a Uralkali, fabricante russa de fertilizantes de propriedade do pai de Nikita Mazepin, um dos novos pilotos do time.

O problema é que a Rússia está proibida de ser representada em competições internacionais – e essas recomendações valem para a F1. Por exemplo, em caso de vitória de um russo, não tem bandeira do país nem hino nas cerimônias. Para contornar essa proibição, o VF-21, o novo carro da Haas para a temporada 2021, veio pintado com as cores do país europeu, o que pode acabar gerando uma investigação internacional.

Isso sem falar que o próprio Mazepin postou um vídeo no fim do ano passado nas redes sociais em que desrespeitava uma mulher. Fãs da F1 pediram para a equipe americana demitir o piloto, mas ele manteve a vaga.

Esses problemas acabam virando distrações para a escuderia americana. Por exemplo, em vez de o foco ser a volta do sobrenome Schumacher à F1, com a chegada de Mick, o que é uma notícia bastante positiva para a Haas, estamos aqui falando de bandeira da Rússia.

Mick Schumacher, aliás, chega à F1 exatos 30 anos após a estreia de seu pai, Michael Schumacher e credenciado pelo título da F2 em 2020.

Só que ele é um piloto que costuma ter dificuldades de adaptação e só mostra evolução a partir do segundo ano em uma categoria. Foi assim na F4, na F3 e também na F2. Para piorar, terá Nikita Mazepin, outro novato, como companheiro, o que pode atrasar ainda mais o processo de se acostumar à F1.

Também não ajuda a Haas ter decidido manter o carro do ano passado. A escuderia escolheu quase não desenvolver nenhuma atualização para o VF-21, fazendo apenas modificações impostas por mudanças nas regras, como a diminuição no tamanho do assoalho. Uma das poucas novidades é a T-Wing (aquele aerofólio parecido com um cabide na traseira), que está com as bordas mais quadrangulares em 2021.

São duas as justificativas: a primeira é que a Haas é uma equipe americana, com sede no Reino Unido e com carro desenvolvido na Itália, então as fronteiras fechadas devido ao atual contexto global prejudicaram o time. E a segunda diz respeito à mudança de regulamento radical para 2022. A escuderia, assim, preferiu focar no ano que vem, mesmo que comprometa o desempenho em 2021.

Em meio a uma dupla de novatos e à manutenção do carro de 2020, a Haas anunciou a permanência de Pietro Fittipaldi como reserva. Foi uma boa escolha, afinal o brasileiro acumula a experiência de anos trabalhando com o time, tendo, inclusive, estreado na F1 no fim do ano passado.

PONTOS FORTES DA HAAS 2021 NA F1

A parceria com a Ferrari está mais forte do que nunca. Para este ano, a escuderia italiana anunciou a criação de um hub em Maranello, onde terá um grupo que trabalhará exclusivamente para a Haas, o que inclui a presença do veterano engenheiro Simone Resta, um dos responsáveis por desenvolver a Alfa Romeo na época de Charles Leclerc. Como parte da parceria, Schumacher, que fez parte da Academia da Ferrari, foi emprestado à esquadra americana.

Além disso, a expectativa é que a Ferrari consiga corrigir os problemas em seu motor, e a Haas, que conta com propulsores da montadora italiana, possa ter um rendimento melhor em 2021.

PONTOS FRACOS DA HAAS 2021

1) Terá dois novatos na F1 em 2021
2) Um dos novatos provoca enorme rejeição nos fãs da F1
3) Vai manter o mesmo carro do ano passado
4) O carro do ano passado já era ruim
5) As outras equipes têm mostrado evolução
6) Há dúvidas se Gene Haas vai continuar na F1 ou se vai vender o time

Difícil escolher um ponto fraco só…

Haas, VF-21, F1, 2021, Fórmula 1, F1, novos carros da F1 2021, Haas, novos carros da F1, VF-21, 2021
A cor preta na parte inferior do novo carro da Haas VF-21 serviu para esconder detalhes do novo carro para a F1 2021 – fotos do post: haas/divulgação
Haas, VF-21, F1, 2021, Fórmula 1, F1, novos carros da F1 2021, Haas, novos carros da F1, VF-21, 2021
A Haas exibiu o novo carro para a F1 2021 ainda com o assoalho do ano passado; para este ano, a peça precisa ser mais rente à carenagem
Haas, VF-21, F1, 2021, Fórmula 1, F1, novos carros da F1 2021, Haas, novos carros da F1, VF-21, 2021
A traseira do VF-21, o novo carro da Haas para a temporada 2021 da F1
Haas, VF-21, F1, 2021, Fórmula 1, F1, novos carros da F1 2021, Haas, novos carros da F1, VF-21, 2021
Apesar da nova pintura, o VF-21 é praticamente o mesmo carro usado pela Haas na temporada passada da F1

Abaixo você pode clicar nos links em azul para ver sobre os novos carros da F1 2021:
> Red Bull RB16B
> Mercedes W12
> Ferrari SF21
McLaren MCL35M
AlphaTauri AT02
Alfa Romeo C41
Alpine A521
> Williams FW43B
> Aston Martin AMR21

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s