A taça pode ter escapado duas vezes em 2020. Primeiro na Toyota Racing Series, no começo do ano, e depois na F-Renault Eurocup. Mas Caio Collet sempre esteve entre os principais pilotos de onde competiu. Tanto que terminou a temporada como o brasileiro que mais conquistou vitórias no automobilismo mundial.

Foram seis ao todo. Uma na campanha que lhe rendeu a sétima colocação na Nova Zelândia e outras cinco no vice da F-Renault Eurocup, onde o duelo com o francês Victor Martins foi até a etapa final.

Além de mostrar a competitividade do brasileiro em mais de um campeonato, esse resultado serviu como uma volta por cima após um 2019 em que ele não ganhou nenhuma corrida.

Com os seis triunfos de Collet, os representantes do país somaram 65 vitórias pelo mundo neste ano. E dessa vez foram as jovens promessas que sobressaíram.

Dos 11 brasileiros que conquistaram três ou mais primeiros lugares em 2020, sete estão no começo de carreira e buscam se firmar nas principais categorias do automobilismo mundial. São eles, além de Collet, Rodrigo Baptista, Gianluca Petecof, Igor Fraga, Felipe Drugovich, Dudu Barrichello e Leo Lamelas.

Esse é um sinal bastante positivo, mostrando que pode estar havendo uma renovação entre os representantes do Brasil pelo mundo.

Por outro lado, 2020 também foi um ano cheio para os veteranos do país. Sergio Jimenez, por exemplo, ficou com a segunda colocação entre os que mais ganharam: foram três triunfos no Jaguar eTrophy e mais dois nas etapas de que participou na versão americana da Lamborghini Super Trofeo.

Helio Castroneves encerrou um jejum de mais de um ano sem subir no degrau mais alto do pódio para ser campeão na Imsa, enquanto Augusto Farfus levou a melhor em algumas das mais tradicionais provas de longa duração do calendário. Isso sem falar em Rubens Barrichello, que esteve em três campeonatos diferentes neste ano e ganhou em todos eles.

A única parte negativa é que o número de vitórias de pilotos brasileiros caiu em relação a 2019. No ano passado tinham sido 82, agora foram 65.

A principal diferença é que houve menos representantes do país disputando provas de endurance, nas que há dois ou mais pilotos por carro, então cada triunfo nesses certames tem um peso maior na conta. Fora que houve menos brasileiros correndo no mundo em razão do contexto em que estamos vivendo em 2020 e também houve menos corridas, uma vez que os calendários precisaram se adaptar aos meses de paralisação.

Por fim, vale um aviso. É muito difícil ficar de olho em todos os representantes do país no automobilismo internacional, portanto posso ter me esquecido de alguém neste post. Daí basta avisar nos comentários que atualizo a conta.

Veja abaixo todas as vitórias brasileiras em 2020 no automobilismo internacional (clique na imagem para ampliar, se necessário):

Quem ganhou no Brasil

Thiago Camilo disputou o título de duas categorias do automobilismo mundial até as etapas finais: venceu em uma e perdeu em outra - foto: duda bairros/stock car/divulgação

Thiago Camilo quase conquistou dois títulos em 2020. Ele chegou à etapa decisiva da Stock Car na liderança do campeonato, mas um fim de semana conturbado, marcado por problemas mecânicos impediu que ele terminasse com a taça. Na GT Sprint Race, porém, o primeiro lugar foi garantido na classificação geral.

O bom desempenho em dois certames diferentes o levaram a ser o piloto brasileiro que mais venceu em categorias profissionais no país, com sete triunfos ao todo.

A segunda colocação foi um empate entre outros dois veteranos: Miguel Paludo, que se dedicou à Porsche Cup, e Ricardo Sperafico, da GT Sprint Race.

Campeão da Stock Car, Ricardo Maurício obteve quatro primeiros lugares: três na categoria principal e outra na Endurance Brasil, onde defendeu da Porsche.

Confira abaixo os brasileiros com ao menos três vitórias no ano no país (clique na imagem para ampliar, se necessário):

pilotos brasileiros, vitórias, 2020, Brasil

Confira os outros textos do especial de fim de ano:
> 5 jovens promessas para ficar de olho em 2021
> Os melhores de 2020 no automobilismo mundial
As Agendas da velocidade de 2020
Quiz Autosport 2020
> 2020 World of Motorsport Rookie of the Year
> 11 anos de World of Motorsport