Ricardo Maurício, que acaba de conquistar seu terceiro título na Stock Car, é um dos poucos pilotos no mundo que defendeu o Red Bull Junior Team, considerado um dos principais programas das equipes de F1, antes mesmo de o programa em si existir.

Foi nos anos de 1999 e 2000, quando ele o também brasileiro Enrique Bernoldi disputaram a F3000 – categoria que hoje equivale à F2 – pela equipe de Helmut Marko, chamada justamente de Red Bull Junior Team, devido ao patrocínio da marca de energéticos.

Mas naquela época o conceito de Junior Team era diferente. Hoje, o grupo de pilotos que corre nas categorias de base com o patrocínio da Red Bull é considerado o Junior Team da marca, independentemente de em quais campeonatos eles estiverem e por quais escuderias forem competir.

Mas no fim do século 20 o Junior Team era a equipe em si, independentemente de seus competidores. E muitas das esquadras da F1 tinham seus respectivos “Junior Team” na F3000. Tirando a Red Bull, o caso mais famoso era o da McLaren, que levou Nick Heidfeld à taça em 1999. Mas Minardi, Benetton, Arrows e Prost também tiveram iniciativas parecidas.

Isso sem falar na Petrobras Junior, uma espécie de parceira da Williams na F3000, patrocinada pela estatal brasileira e que só tinha pilotos do país correndo por lá.

A criação do Red Bull Junior Team

Mas tudo mudou em 2001, quando o Red Bull Junior Team, como conhecemos hoje, foi criado. Na época, Ricardo Maurício se tornou um dos pilotos do programa da fabricante de energéticos, em um grupo que também contava com um monte de austríacos: Bernhard Auinger, Reinhard Kofler, Christopher Wassermann, Christian Klien e Patrick Friesacher, com os dois últimos tendo de fato um dia chegado à F1.

Ah, também tinha um jovem piloto alemão, que estava se destacando no kartismo, chamado Sebastian Vettel.

Maurício ainda fez parte do Red Bull Junior Team até 2002, quando deixou o programa devido à inconsistência nos resultados. Ele ainda ficou mais um ano na Europa, tenho sido campeão da F3 Espanhola em 2003, mas depois voltou ao Brasil e não demorou para se firmar na Stock Car, conquistando um pódio logo em sua estreia. Hoje, 16 anos mais tarde, é um dos maiores ganhadores da categoria, ao levantar seu terceiro título.

Em tempo, de vez em quando surge a dúvida sobre Bernoldi ter feito parte do Red Bull Junior Team ou não. Ele correu pela equipe de Helmut Marko, que tinha esse mesmo nome, mas não fez parte da academia da Red Bull. Até porque o programa foi criado somente em 2001, ano em que ele já estava na F1 – onde estreara pela Arrows por causa do patrocínio da fabricante de energéticos.

Você pode clicar aqui para ver os resultados completos da decisão da Stock Car em Interlagos, assim como os das principais categorias do automobilismo mundial no fim de semana.

foto do topo: philip platzer/red bull content pool

Ricardo Maurício, Stock Car, 2020, campeão, RCM
Ricardo Maurício se firmou na Stock Car e acaba de conquistar seu terceiro título – foto: duda bairros/stock car/divulgação