Álex Marquez, MotoGP, Honda, 2020, pódio, título

Álex Márquez ainda pode ser campeão da MotoGP 2020?

Não.

De uma forma surpreendente Álex Márquez tem sido a grande sensação das últimas duas etapas da temporada 2020 da MotoGP, tendo terminado em segundo tanto em Le Mans quanto em Aragón.

Esses, aliás, foram os primeiros pódios de um piloto da HRC, a equipe de fábrica da Honda, desde a vitória de Dani Pedrosa na última rodada de 2017. Isso, claro, sem contar os obtidos por Marc Márquez.

E tendo brigado pela vitória até a última curva na Espanha, ficando a menos de 0s5 de Álex Rins, o ganhador, o irmão mais novo de Marc Márquez levou os fãs da Honda e de sua família à euforia: será que ainda dá tempo de ele ser campeão, agora que está deslanchando na principal categoria do motociclismo mundial?

Matematicamente é possível. Restam somente quatro etapas para o fim da temporada, com 100 pontos ainda em jogo. Márquez é o 13º na tabela, com 67, e está a 54 de Joan Mir, o atual líder.

Isso quer dizer que o piloto da Suzuki só poderia somar no máximo mais 46 nas provas restantes para que Márquez tenha chances de ficar com a taça.

Na MotoGP, tudo pode acontecer. Quedas são frequentes e lesões fazem parte da rotina dos pilotos. Mas o ponto forte de Mir neste ano tem sido a regularidade. Nas dez provas realizadas até agora, o espanhol abandonou duas e em todas as outras, com exceção de Le Mans (onde choveu), fechou entre os cinco primeiros.

Mais do que isso, são cinco pódios nas últimas sete etapas, desempenho que o catapultou à liderança do campeonato, mesmo apesar de ainda não ter conquistado sua primeira vitória na MotoGP.

A temporada da Honda na MotoGP 2020

Mas se as chances de Márquez ficar com o título são praticamente nulas, a Honda pode ficar satisfeita em ter salvado a temporada 2020, que prometia ser um desastre após a lesão de Marc Márquez.

Sem seu principal piloto, a marca japonesa não tinha muitas perspectivas para este ano. Entre seus demais pilotos, Álex era um novato na MotoGP e já sabia que não teria o contrato renovado para 2021, Cal Crutchlow vive cercado de lesões e Takaaki Nakagami nunca tinha mostrado um desempenho bom o suficiente para ser considerado um piloto de ponta.

Passadas dez corridas, Álex Márquez já subiu ao pódio duas vezes e virou a nova sensação da temporada, Nakagami tem sido extremamente consistente nos resultados e ocupa a quinta colocação na tabela (na frente de nomes mais badalados como Rins, Márquez, Jack Miller e Johann Zarco) e Crutchlow, bem, esse segue cercado de lesões.

Se ficou tarde para disputar o título de 2020, a Honda pode ficar animada com o ano que vem. Afinal, além de ter o retorno de Marc Márquez, agora sabe que conta com um equipamento em que mais pilotos podem ser competitivos.

Você pode clicar aqui para conferir os resultados completos de Marc Márquez na etapa da Aragón da MotoGP, assim como os das principais categorias do automobilismo mundial no fim de semana.

Álex Marquez, MotoGP, Honda, 2020, pódio, título
Álex Márquez tem só motivos para sorrir com o bom desempenho nas últimas etapas da MotoGP – fotos do post: gold & goose/red bull content pool

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s