Nascar, coronavírus, Austin Dillon, 2020

O substituto mais improvável na Nascar 2020

Nunca é bom para um piloto ficar de fora de qualquer corrida. Mas Austin Dillon não teve maiores prejuízos ao perder a etapa da Nascar no circuito misto de Daytona depois de ser diagnosticado com a covid-19.

Por já ter ganhado uma corrida – no Texas -, o piloto da RCR está garantido nos playoffs desta temporada. Então os pontos que ele poderia somar em Daytona não fariam grande diferença na classificação final para ele. Estaria em jogo, no máximo, os playoff points, por triunfos em segmentos ou na prova em si.

Situação bem diferente da de Jimmie Johnson, que perdeu uma corrida por também ter sido diagnosticado com a doença e agora pode ficar fora da fase final do campeonato pelos pontos que deixou de acumular.

Mas se Dillon não teve maiores problemas por se ausentar da corrida, o mesmo não pode ser dito de sua equipe, a RCR.

É que a escuderia teve muita dificuldade para encontrar o substituto para ele. O problema foi a regra da Nascar para o fim de semana, que impedia um competidor de tomar parte em mais de uma prova.

Como a etapa no misto de Daytona foi marcada de última hora para substituir a de Watkins Glen (que havia sido cancelada em decorrência da pandemia) e não haveria treinos livres nem a classificação, a Nascar queria evitar que alguém levasse vantagem por acumular mais quilometragem.

Em uma situação normal, seria de praxe a RCR chamar algum piloto da Xfinity ou então da Truck Series para assumir o carro 3 na ausência do titular. Mas como todos eles já estavam competindo em suas respectivas categorias, as opções da escuderia diminuíram.

O substituto de Austin Dillon na Nascar

No fim, o escolhido foi Kaz Grala, jovem piloto de 21 anos de idade, que disputou 29 etapas da Xfinity desde 2018. Neste ano, ele andou no Kansas e em Road America, ambas pela RCR, e teve um quarto lugar no circuito misto como melhor resultado.

Grala não fez feio. Muito pelo contrário. Apesar de ser o último nome na fila para assumir o carro 3 da RCR, ele terminou sua estreia na principal divisão da Nascar com um bom sétimo lugar.

Como a expectativa é que Dillon retorne no próximo fim de semana, em Dover, Grala não deverá ter mais chances na Cup. E mesmo que o titular do carro 3 fique de fora da próxima etapa, a proibição de nomes da Xfinity não vai mais acontecer, e a RCR poderá recorrer aos seus contratados na divisão de acesso.

Quanto a Grala, até o fim do ano, ele ainda deve fazer mais algumas corridas pela RCR na Xfinity.

De qualquer forma, ele aproveitou muito bem a chance que teve, o que, quem sabe, pode abrir portas futuramente para ele em sua carreira na Nascar.

Você pode clicar aqui para ver os resultados completos da Nascar em Daytona, assim como os das principais categorias do automobilismo mundial no fim de semana.

foto do topo: alan marler/hhp/chevy racing/divulgação

Austin Dillon tinha vencido a etapa do Texas e se garantido nos playoffs da Nascar em 2020 -foto: harold hinson/hhp/chevy/divulgação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s