Mercedes, Valtteri Bottas, Lewis Hamilton, safety-car, GP da Áustria, F1, Fórmula 1, 2020, Red Bull Ring

O erro da Mercedes que embaralhou o GP da Áustria da F1

A F1 retomou a temporada 2020, após a pausa provocada pelo coronavírus, em grande estilo, com um GP da Áustria emocionante, cheio de abandonos e com um resultado inesperado, apesar da vitória da Mercedes, com Valtteri Bottas, que liderou praticamente de ponta a ponta.

E o que tornou a corrida imprevisível em seu final foram os safety-cars acionados nas voltas 51 e 55 (de 71), pelo problema mecânico da Williams de George Russell e, em seguida, pelo pneu que saiu voando da Alfa Romeo de Kimi Raikkonen

As estratégias no GP da Áustria da F1 2020

Quando o carro de segurança entrou na pista pela falha no equipamento de Russell, Alexander Albon, Charles Leclerc e Lando Norris foram aos boxes para colocar o pneu macio (de maior desempenho e menor durabilidade), enquanto Bottas, Lewis Hamilton e Sergio Pérez continuaram na pista.

Sendo Albon, após o abandono de Max Verstappen, a única ameaça real à Mercedes no Red Bull Ring, a equipe deveria ter dividido a estratégia na parada dos boxes. Assim, um de seus pilotos continuaria na pista, enquanto o outro marcaria o tailandês, fazendo o pit-stop.

Um safety-car ser acionado no fim da corrida é o tipo de situação no automobilismo que consagra um estrategista e pode transformar um fim de semana que vinha sendo ruim até aquele momento em um bom resultado.

E o motivo para isso é que a melhor tática é sempre fazer o oposto do líder – ou do adversário que você quer superar.

No caso da Áustria, como Bottas permaneceu na pista durante a bandeira amarela a estratégia da Red Bull foi chamar Albon, colocar pneus macios no carro dele, para que a diferença de desempenho entre os compostos compensasse o déficit que o equipamento rubro-taurino tem em relação à Mercedes.

Quase deu certo. O tailandês só não brigou pela vitória porque acabou envolvido em um acidente com Hamilton.

Mas Leclerc e Norris, que fizeram as paradas junto com o jovem da Red Bull, foram recompensados, com ambos subindo ao pódio no fim da corrida.

Da mesma maneira, caso Bottas tivesse feito o pit-stop para evitar uma maior pressão de Albon, aí o ideal para a Red Bull e as demais equipes era continuar na pista. Nessa situação, a vitória poderia cair no colo do tailandês caso o piloto da Mercedes, por exemplo, demorasse a ultrapassar os adversários mais lentos. Ou então se o carro de segurança fosse acionado mais vezes, diminuindo o número de voltas em bandeira verde e prejudicando a tarefa de retomar posições. Ou ainda Bottas poderia se envolver em um acidente e dar adeus à disputa.

Assim, com um de seus pilotos em primeiro e outro em segundo, o melhor para a Mercedes era dividir a estratégia, garantindo que estaria em vantagem em qualquer cenário. E, no fim, as chances de eles terminarem com a dobradinha ainda seriam altas.

O único problema nessa situação seria Hamilton conseguir ultrapassar Bottas no fim, justamente pela diferença nas táticas. Mas aí caberia explicar ao finlandês que o companheiro não teve prioridade e que esse movimento era necessário para evitar uma vantagem da Red Bull.

Você pode clicar aqui para conferir os resultados completos do GP da Áustria da F1, assim como os das principais categorias do automobilismo mundial no fim de semana.

foto do topo: daimler/divulgação

alexander-albon-formula-1-gp-da-austria
A parada de Alexander Albon nas voltas finais do GP da Áustria da F1 2020 poderia ter mudado o resultado da corrida – e de certa forma, alterou – foto: clive mason/getty images/red bull content pool

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s