McLaren MCL35, F1 2020, Fórmula !, novos carros da F1 2020, McLaren, novos carros da F1, McLaren, MCL35, 2020

Novos carros da F1 2020 – McLaren MCL35

Pilotos da McLaren na F1 2020:
4 – Lando Norris (ING)
55 – Carlos Sainz (ESP)

A McLaren começa a temporada 2020 da F1 dividida entre a boa fase do ano passado, quando terminou o Mundial de Construtores atrás apenas de Red Bull, Ferrari e Mercedes, e a crise econômica recente, provocada pela pandemia do novo coronavírus.

Sem receitas vindas da F1 (uma vez que patrocinadores não pagam se não há corridas) e também com queda nas vendas de seus modelos de rua, a equipe precisou, nos últimos meses, demitir 1.200 pessoas (o equivalente a 25% de sua força de trabalho) e pedir um empréstimo de mais de 180 mil dólares ao Banco do Bahrein para não fechar as portas.

Agora, resta ver se esse problema financeiro não vai prejudicar o desempenho da esquadra nas corridas.

Além da crise econômica, neste ano a McLaren vai precisar lidar com adversárias fortalecidas no meio do pelotão da F1. A Renault contratou Esteban Ocon para ser o parceiro de Daniel Ricciardo, enquanto a Racing Point foi a grande sensação da pré-temporada, disputada lá antes do coronavírus, com um carro muito parecido com o da Mercedes do ano passado.

Para tentar superar as rivais e manter a quarta colocação, a McLaren terá neste ano o primeiro carro desenvolvido por James Key, antigo projetista da Toro Rosso e que já foi apontado como sucessor de Adrian Newey na Red Bull. Só que, em 2018, o engenheiro preferiu aceitar a proposta da equipe britânica e integra um núcleo fortíssimo, ao lado do chefe de equipe Andreas Seidl e de Lando Norris, alguns dos responsáveis pelo bom desempenho do ano passado.

E a expectativa para os próximos anos é ainda melhor, uma vez que Ricciardo foi contratado para 2021, quando o time voltará a usar o motor da Mercedes, apontado como um dos mais fortes da F1.

Como a temporada 2020 vai ser mais curta em razão da pandemia e esse é o último ano da McLaren com o equipamento da Renault, dá até para questionar o emprenho que a escuderia terá para desenvolver seu novo carro nos próximos meses ou se vai preferir focar em atualizações para 2021, quando contará com o propulsor da Mercedes.

Do lado negativo, o time já sabe que não contará em 2021 com Carlos Sainz, que será o substituto de Sebastian Vettel na Ferrari. Sendo assim, Norris, que desde o kartismo já era apontado como uma futura estrela da F1, precisará mostrar serviço e e ir além do 11º lugar na tabela conquistado no ano passado. Ainda mais que Ricciardo está chegando, e o australiano não gosta de ser segundo piloto de ninguém.

Para tentar repetir o quarto lugar de 2019, a McLaren desenvolveu o MCL35, que não deixa de ser considerado uma evolução do equipamento do ano passado, mas traz também novidades com o estilo de James Key.

Uma delas é a suspensão dianteira bastante elevada, que facilita a passagem do ar para baixo do carro e também para o difusor.

Na frente, o bico do MCL35 tem uma largura bem menor que o do ano passado. Como resultado, perdeu os três dutos internos. Outro destaque é a traseira bem mais enxuta e apertada, seguindo tendência do grid deste ano, embora a entrada do ar do sidepod dessa vez seja mais larga.

A única dúvida é se essas novidades serão o suficiente para fazer a McLaren novamente vencer a briga no meio do pelotão.

PONTOS FORTES DA MCLAREN 2020 NA F1

A McLaren tem as pessoas corretas nas funções certas para tentar voltar a ser uma das grandes equipes da F1. Vindo da Porsche, Seidl é considerado um dos melhores chefes de equipe da categoria. James Key é um promissor engenheiro que ganhou destaque na Sauber e não era valorizado na Toro Rosso. Lando Norris é apontado como futura estrela da F1. Some-se a eles as chegadas de Daniel Ricciardo e do motor Mercedes e terá um time capaz de incomodar as três grandes escuderias da F1.

PONTOS FRACOS DA MCLAREN 2020

A crise financeira será o grande problema que a McLaren precisará resolver neste ano. Além de garantir que não fechará as portas, o time corre o risco de atrasar o desenvolvimento do carro (que será o mesmo de 2021) e precisará lidar com o prejuízo de ter demitido integrantes com know-how do esporte a motor.

Para piorar, o McLaren MCL35 precisará ser montado duas vezes. Uma, neste ano, com os propulsores da Renault, e outra, em 2021, para receber o equipamento da Mercedes. Além de ser uma tarefa complicada por si só, pode ficar ainda mais difícil devido à falta de dinheiro.

McLaren MCL35, F1 2020, Fórmula !, novos carros da F1 2020, McLaren, novos carros da F1, McLaren, MCL35, 2020
Novo carro da McLaren para a temporada 2020 da F1 tem um bico mais tradicional, sem os três dutos do modelo do ano passado
McLaren MCL35, F1 2020, Fórmula !, novos carros da F1 2020, McLaren, novos carros da F1, McLaren, MCL35, 2020
O MCL35, novo carro da McLaren para a temporada 2020 da F1, veio com uma asa traseira bastante recortada
McLaren MCL35, F1 2020, Fórmula !, novos carros da F1 2020, McLaren, novos carros da F1, McLaren, MCL35, 2020
Lateral do novo carro da McLaren para a F1 2020, mostra que altura da traseira (rake) não foi uma das prioridades no desenvolvimento – fotos do post: mclaren/divulgação

Abaixo você pode clicar nos links em azul para ver sobre os novos carros da F1 2020:
Ferrari SF1000
Racing Point RP20
Mercedes W11
Red Bull RB16
Haas VF-20
Alfa Romeo C39
Renault R.S.20
> Williams FW43
> AlphaTauri AT01

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s