Felipe Fraga

Como ficará o automobilismo após a pandemia do coronavírus

Ainda está muito longe de a rotina voltar ao normal após os efeitos da pandemia do novo coronavírus. Da mesma forma, ninguém é capaz de estabelecer um prazo certeiro para o retorno das corridas.

Mas já dá para saber que, no momento em que as competições recomeçarem, vão surgir alguns problemas. Um deles é que vai faltar pilotos.

São alguns motivos para isso. O primeiro deles é que os organizadores têm preferido adiar as etapas marcadas para este primeiro semestre em vez de cancelá-las.

A Nascar já afirmou que planeja ter as 36 corridas neste ano, mesmo que precise recorrer a provas no meio da semana ou a rodadas duplas em alguns circuitos. O BTCC, principal campeonato do Reino Unido, também anunciou que quer manter as dez rodadas originalmente previstas.

E ninguém sabe de fato quantas provas vão precisar ser remarcadas. Algumas categorias, como é o caso da Indy, esperam retornar às pistas no fim de maio. Já a Supercars, da Austrália, estuda recomeçar no início de junho.

Vamos supor que as competições voltem a partir do segundo semestre. Assim, é possível que os fins de semana reúnam muito mais corridas que o normal a partir desse momento. Afinal, os campeonatos vão precisa apertar o número de etapas originalmente previsto para o ano todo em alguns poucos meses.

E, como consequência, choques de data devem ser inevitáveis para pilotos que disputam mais de um certame.

Veja o caso de Felipe Fraga. O brasileiro, que deixou a Stock Car em 2020 para se dedicar à carreira internacional, está escalado pela principal equipe da Mercedes no IGTC (cuja primeira etapa deste ano aconteceu em fevereiro em Bathurst) e na GT World Challenge Endurnce (antiga Blancpain). Além disso, ele também compete no WEC, no Mundial de Endurance, em um Porsche da divisão GTE-Am. Fora que vez ou outra aparece nas corridas de longa duração da Imsa, como aconteceu em Daytona.

A SRO, organizadora tanto do IGTC quanto do GT World Challenge Endurance, montou um calendário alternativo para quem não haja choques de data entre seus campeonatos, mesmo com os adiamentos. Mas nada impede que corridas da Imsa ou do WEC, ainda mais agora que as 24 Horas de Le Mans também mudaram de data, aconteçam nesses mesmos fins de semana, atrapalhando os plano de Fraga.

Colegas do brasileiro nos certames da SRO também estão de olho para o que vai acontecer no Adac GT Masters, o principal torneio de GT3 da Alemanha. Esse é um campeonato bastante procurado pelos pilotos europeus, e seu organizador não deverá se preocupar em evitar os choques de data com as demais categorias.

Isso sem falar na Formula E. Por causa do novo coronavírus, a categoria de carros elétricos já adiou quatro etapas – Seul, Jacarta, Roma e Sanya – e não anunciou se elas ainda vão acontecer neste ano.

É comum que pilotos da Formula E também tomem parte de outros campeonatos, como o WEC ou o DTM, aumentando a chance de mais problemas de agenda no segundo semestre caso as quatro corridas adiadas acabem remarcadas.

Outro problemas do coronavírus

Outra dificuldade que o automobilismo mundial pode enfrentar é o fechamento das fronteiras, medida tomada por muitos governos para tentar conter a escalada do vírus.

É provável que esse tipo de medida já vá ter sido flexibilizada quando as competições forem liberadas.

Só que os países devem conseguir se recuperar da pandemia em ritmos diferentes. Alguns estarão livres antes de outros. Então é possível que ainda vai haver restrições para o fluxo de estrangeiros em alguns deles.

Para um campeonato como a Nascar, onde quase todo o grid é formado por americanos, não é um problema. Mas para uma categoria globalizada, com pilotos do mundo todo, como o IGTC, a GT Endurance Series e o WEC, com certeza é.

foto do topo: igtc/sro/divulgação

foto do Adac GT Masters
O Adac GT Masters, campeonato alemão de GT3, costuma atrair os pilotos europeus que também tomam parte de outros certames – foto: adac/divulgação

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s