foto de Mick Schumacher

F2 2020, mas pode chamar de Fórmula Ferrari

A temporada 2019 da F2 mal terminou, e a Academia da Ferrari não perdeu tempo e já anunciou que cinco de seus pilotos vão disputar a categoria no ano que vem.

Mick Schumacher segue na poderosa Prema, onde será companheiro do russo Robert Shwartzman, atual campeão da F3. Marcus Armstrong foi colocado na ART, mesma equipe pela qual estreou nos monopostos em 2016, enquanto Callum Ilott deixa a Sauber Junior e passará a competir pela UNI-Virtuosi. Já Giuliano Alesi foi promovido da F3 à HWA.

A consequência dessa movimentação é que a pressão em cima de Antonio Giovinazzi, piloto da Ferrari e que está emprestado à Alfa Romeo na F1, será ainda maior em 2020. O italiano foi mal na temporada recém-terminada, tendo marcado 14 pontos (contra 43 do companheiro Kimi Raikkonen) e precisará lidar com cinco pilotos de olho em sua vaga para 2021.

E também dá para dizer que é um exagero da Academia da Ferrari apoiar cinco competidores na F2. É louvável que a equipe italiana tenha essa continuidade com seus pupilos, ainda mais levando em conta todas as críticas que são feitas à Red Bull pelo excesso de demissões e contratações em seu Junior Team, mas é improvável que um dia haja espaço para todos, ou para a maior parte deles, na principal categoria do automobilismo mundial.

Isso sem falar que 25% do grid da F2 será formado por pilotos vindos de Maranello. Ou seja, se por algum motivo a Ferrari decidir fechar a Academia no fim de 2020 (o que não tem sido especulado), a categoria de acesso terá um buraco enorme para preencher em seu grid para o ano seguinte.

Há vagas para os pupilos da Ferrari na F1?

Uma das soluções da Ferrari poderia ser estreitar os laços com Haas e Alfa Romeo, que usam seus motores, e tentar emplacar alguns de seus pupilos nelas.

Na Alfa Romeo, além da vaga de Giovinazzi, pode haver espaço no fim de 2020, caso Kimi Raikkonen decida se aposentar da F1. O único problema seria a equipe ter que começar 2021 com pilotos com pouca experiência, o que poderia atrasar o desenvolvimento do carro e prejudicar os resultados na pista.

E a Haas já afirmou, mais de uma vez, que não é um time júnior da Ferrari. Ela é cliente, sim, mas prefere ter autonomia na hora de escolher seus pilotos. É verdade que Romain Grosjean e Kevin Magnussen são bastante questionados pela falta de resultados (a esquadra americana terminou o Mundial de Construtores apenas na frente da Williams), mas isso não significa que os pupilos de Maranello possam ter algum tipo de vantagem na briga pelas vagas em 2021.

Só que é bom essas duas equipes não menosprezarem o efeito Charles Leclerc. A chegada do monegasco, em 2018, representou a virada para a Alfa Romeo na F1. Em seu ano de estreia na F1, o piloto marcou 39 dos 48 pontos obtidos pela Sauber (como a escuderia era então chamada), sendo que na temporada anterior o time tinha conquistado somente cinco.

E caberá a Schumacher, Shwartzman, Armstrong, Alesi e Ilott, se quiserem dar o passo final da F2 rumo à F1, convencer essas equipes de que podem fazer o mesmo.

Você pode clicar aqui para ver como o grid da F2 2020 está sendo formado. E aqui para conferir os resultados completos da última etapa da categoria, em Abu Dhabi, assim como os das principais categorias do automobilismo mundial no fim de semana.

foto do topo: prema powerteam/divulgação

foto de Antonio Giovinazzi
Na F1 2020, Antonio Giovinazzi, mais do que nunca, estará com sua vaga ameaçada na Alfa Romeo – foto: alfa romeo/divulgação

Um comentário sobre “F2 2020, mas pode chamar de Fórmula Ferrari

  1. E hoje anunciou que a lenda Sean Gelael vai pilotar para eles em 2020. Surpresa zero. Com a grana do Latifi indo embora, precisavam de alguém para pagar as contas. Dá um desânimo ver os Gelael’s e Markelov’s da vida todo ano na F2. Tira o lugar de muita gente boa

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s