Recorde de vitórias na F4 2019

Quando foi campeão da F4 Inglesa, em 2015, Lando Norris conquistou oito vitórias, mas nenhuma delas foi em sequência. Já Kiern Jewiss, que ficou com a taça do ano passado, permaneceu invicto por no máximo duas corridas.

O recorde até agora pertencia a Jamie Caroline, ganhador de quatro provas seguidas no começo de 2016, abrindo caminho rumo ao título da categoria.

Pertencia, porque neste fim de semana Zane Maloney destruiu a marca do britânico. Competindo pela mesma equipe Carlin que levou Norris e Caroline ao título, o piloto venceu as três baterias da etapa de Oulton Park da F4 Inglesa 2019 e chegou a sete vitórias consecutivas na categoria.

Curiosamente, esses foram os primeiros triunfos de Maloney na temporada.

Desde que começou a sequência, o piloto da Carlin saiu da quinta colocação no campeonato para o topo da tabela, com uma vantagem de 54 pontos para Louis Foster, o segundo.

Nesse período, Maloney ganhou duas provas em Thruxton, sendo uma com o grid invertido, outras duas em Croft e, agora, varreu a etapa de Oulton Park.

E dá para dizer que ele também teve um pouco de sorte. Em Croft, a bateria com o grid invertido foi cancelada, ou seja, ele não precisou fazer uma prova de recuperação, saindo da sexta posição, para manter a sequência de vitória.

E, em Oulton, apesar de ter partido de sexto na corrida com o grid invertido, o piloto viu três dos adversários que estavam à frente perderem tempo em um acidente.

Não dá para dizer que todo o sucesso neste começo de 2019 é por causa do equipamento da Carlin. Enquanto Maloney conquistou o recorde de sete vitórias seguidas, seu companheiro, o britânico Joe Turney, subiu ao pódio apenas duas vezes, ambas em dobradinhas da escuderia.

Turney e os outros pilotos da F4 Inglesa agora têm um pouco mais de um mês para tentar melhorar o desempenho e evitar que Maloney siga estendendo seu recorde, já que a próxima etapa da temporada 2019 da categoria está marcada só para o primeiro fim de semana de agosto, em Snetterton.

Zane Maloney dominando a F4 Inglesa 2019

Além do recorde de vitórias na F4 Inglesa, o que chama a atenção em Maloney, é que ele vem de Barbados, país América Central sem qualquer tradição no esporte a motor.

A própria tarefa de encontrar outro barbadiano correndo já é muito complicada. Achei dois que nos últimos anos participaram de campeonatos mais conhecidos. Um deles se chama Christian Hinds, que disputou uma das etapas da F4 Mexicana, no ano passado, sem nem sequer pontuar. O outro é Brent Gilkes, pai da pilota Megan Gilkes, da W Series. No começo da década, ele tomou parte de uma categoria nos EUA chamada F2000, que chegou a rivalizar por um tempo com a USF2000, mas depois perdeu espaço.

Mas mesmo vindo de um país pouco conhecido no automobilismo, Maloney já se destacava desde o kartismo. Foi o quarto colocado no Europeu, na divisão OK, em 2018, e, em 2017, terminou o Mundial em quinto, na OKJunior.

Desde o segundo semestre do ano passado, ele passou a se preparar para a transição para os monopostos. O curioso é que ele escolheu assinar com a Carlin, equipe grande, mas que estava afastada da F4. A aposta deu certo. A esquadra retornou à categoria neste ano, e juntos estão colhendo os frutos do trabalho iniciado há quase um ano.

Se Maloney mantiver a sequência de vitórias, já poderemos dizer que o título de 2019 sera barbada para ele.

Você pode clicar aqui para ver os resultados completos da etapa de Oulton Park da F4 Inglesa 2019, assim como os das principais categorias do automobilismo mundial no fim de semana.

foto do topo: ford/press-release/divulgação

Zane Maloney fb
Zane Maloney já era tratado como promessa desde a época do kartismo

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s