foto dos carros da Carlin na F3 Inglesa

Clement Novalak e a super F3 Inglesa 2019

Clement Novalak, de 18 anos, era considerado um dos principais kartistas de sua geração. Mas sua transição para os monopostos, no ano passado, foi mais do que conturbada.

Contemporâneo de Caio Collet e Gianluca Petecof no kart, o britânico construiu um currículo bem vitorioso por lá. Foi vice-campeão mundial da divisão KF Junior, em 2015, e conquistou o bicampeonato da Super Master Series, com uma taça na Junior e outra na OK (que equivale à Graduados no Brasil) nos anos seguintes.

Assim, a ida dele para os carros de fórmula era cercada de expectativas. Será que conseguiria repetir os bons resultados e pavimentar seu caminho rumo à F1?

Quem o acompanhou em 2018 deve ter ficado com mais dúvidas do que certezas sobre o futuro do piloto. A decisão de Novalak de deixar a F4 de lado e estrear nos monopostos direto na F-Renault, campeonato com grid cheio de adversários mais experientes, não deu certo. Ele nem sequer pontuou no certame e ainda perdeu três corridas para se recuperar de um acidente sofrido na etapa do Red Bull Ring.

Mas, em 2019, o britânico vem mostrando que aprendeu com seus erros. Preferiu descer para a F3 Inglesa (categoria um pouco mais veloz que uma F4 e da qual já havia tomado parte de algumas etapas no ano passado), em vez de tentar a sorte com carros mais potentes. Lembrando que a F-Renault em si estreou um novo equipamento, mais potente que o de 2018, com motor 1,8 L turbo. ano passado.

Na nova empreitada, Novalak assinou com a sempre favorita Carlin e já mostrou que será um forte candidato ao título, vencendo no fim de semana a prova de abertura da temporada, em Oulton Park.

Como foi o sexto na bateria com o grid invertido e terminou em segundo na corrida 3, é o líder do campeonato com 81 pontos, 11 a mais que Jonathan Hoggard, o segundo colocado.

Grid forte da F3 Inglesa 2019

Quando a FIA oficializou a ideia de criar uma nova F3 (a F-Regional) a partir de 2019, a versão inglesa do certame era considerada uma das mais ameaçadas a deixar de existir. Afinal, dá menos pontos na superlicença que suas concorrentes, e o número de participantes – e a qualidade deles – tem caído nos últimos anos.

Mas o campeonato segue firme. Para este ano, a F3 Inglesa reuniu um grid fortíssimo, como há muito não se via, com alguns dos nomes mais promissores da nova geração do Reino Unido. Confira abaixo quem são os principais rivais de Novalak na luta pelo título de 2019:

Kaylen Frederick (Carlin): o americano ganhou destaque, em 2017, ao terminar a USF2000 em quarto, quando tinha apenas 14 anos de idade. No entanto, ele decepcionou em 2018, ao permanecer na categoria, mas caindo para sexto na classificação final. Parecia que seu caminho seria continuar nos EUA, mas surpreendeu ao se transferir para a F3 Inglesa.

Ayrton Simmons (CDR): é o atual vice-campeão da F4 Inglesa, mas sua carreira tem sido marcada pela falta de dinheiro. Foram quase três anos de F4 antes de subir para a F3 pelo time de Chris Dittmann, um dos menores do certame. Mas sua experiência com monopostos pode colocá-lo na luta pela taça.

Hampus Ericsson (Double R): a impressão é que o irmão mais novo de Marcus Ericsson subiu para a F3 Inglesa rápido demais, sem títulos importantes em campeonatos menores. Talvez seja resultado da pressão por ter alguém na família que já passou pela F1 e precisar mostrar que também pode chegar lá.

Neil Verhagen (Double R): em 2017, ele saiu de campeonatos semi-amadores dos EUA direto para o Red Bull Junior Team. Mas o sonho de integrar o programa da equipe de F1 durou pouco: foi dispensado da iniciativa rubro-taurina, no fim do ano passado, após terminar em 11º (e sem subir ao pódio) em sua segunda temporada na F-Renault Eurocup, Em vez de voltar aos EUA, preferiu continuar na Europa e mostrar que não foi por acaso que a Red Bull resolveu investir nele quando ainda era desconhecido.

Kiern Jewiss (Douglas): o britânico já era considerado um dos mais talentosos de sua geração desde a época do kartismo, e o título da F4 Inglesa, em 2018, serviu para corresponder às expectativas. No fim de 2018, chegou a ser avaliado pela Academia da Ferrari, mas, sem entrar no programa de Maranello, optou pela F3 Inglesa 2019 pela equipe Douglas, que não está entre as mais famosas do certame. Ele tem o ex-F1 Mark Blundell como empresário e carrega o patrocínio da família de Mike Conway, do WEC.

Ulysse De Pauw (Douglas): foi inesperado o anúncio do adversário de Caio Collet desde a época do kartismo de competir na F3 Inglesa. Afinal, seus principais concorrentes na F4 Francesa 2018, como o brasileiro e o belga Ugo de Wilde, foram para a F-Renault Eurocup, apontada como passo seguinte para quem começa a carreira na França.

Jonathan Hoggard (Fortec): apesar de não ser o mais conhecido do grid, o britânico evoluiu bastante ao longo da disputa da F4 Inglesa, em 2018, vencendo seis das últimas 12 provas. Não deu para tirar o título de Jewiss, mas foi o suficiente para colocá-lo entre os favoritos na F3 neste ano.

Manuel Maldonado (Fortec): o venezuelano vai para seu terceiro ano na F3, por isso a expectativa é que ele melhore em relação ao sétimo posto obtido no ano passado. Ele ficou conhecido em 2012, quando seu primo, Pastor Maldonado, foi fotografado resgatando-o de um incêndio nos boxes do circuito de Barcelona logo após ter vencido o GP da Espanha de F1 daquele ano, pela Williams.

Agora que já conhece os principais candidatos ao título da F3 Inglesa 2019, você pode clicar aqui para ver o grid completo da categoria. E clicar aqui para acompanhar os resultados completos da rodada de abertura da categoria, em Oulton Park, assim como os dos principais campeonatos do esporte a motor na Páscoa.

foto do topo: reprodução/twitter/carlinracing 

foto de carro da F3 Ingles 2019
Pavan Ravishankar na F3 Inglesa 2019 – foto: jakob ebrey/double r/divulgação
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s