foto de Marta García

Treino da W Series em Lausitzring

Depois de duas seletivas para definir suas 18 competidoras, a W Series, controversa categoria apenas para mulheres, esteve na pista de Lausitzring, de 14 a 16 de abril, para três dias de treinos de pré-temporada.

E, assim como aconteceu nas avaliações das pilotas, mais uma vez tivemos polêmica.

Dessa vez, o motivo foi uma curiosa decisão da organização de não divulgar os tempos registrados. E estamos falando da mesma W Series, criticada por falta de transparência em seu processo seletivo.

A justificativa dada pelo certame é que nesse momento o mais importante é a adaptação das pilotas ao ambiente competitivo, por isso queriam tirar a pressão dos resultados.

Mas a categoria negou que tivesse escondendo os tempos. Afinal, segundo os organizadores, bastava estar na sala de imprensa ou nos boxes para ter acesso a toda cronometragem. O que não faz muito sentido se pensarmos que era um evento fechado e apenas as pilotas, alguns convidados e o staff estavam no circuito.

Aliás, quem também estava em Lausitzring era o paddock do DTM, já que o principal campeonato do automobilismo alemão está realizando seus treinos coletivos no mesmo lugar. Lembrando que a W Series fará a preliminar do torneio de carros de turismo em 2019, então a pré-temporada em conjunto é uma forma de cortar custos.

E é nesse contexto que os tempos de um dos treinos da W Series vazaram. Alguém que estava na pista para acompanhar o desempenho dos pilotos espanhóis no DTM ficou tão contente de ver Marta García liderando as atividades da categoria feminina que tirou uma foto da tela com os resultados e colocou nas redes sociais. Em pouco tempo viralizou. Mais abaixo você pode esses tempos.

Antes de falarmos das mais rápidas, chama a atenção o equilíbrio do grid: apenas 2s separam García da última colocada.

Como a W Series mescla pilotas que andaram de F3, F4, GP3 e World Series com competidoras com pouquíssima experiência em monopostos, esperava-se uma maior discrepância de rendimento. Os tempos próximos é sinal de que as seletivas para escolha das 18 finalistas foram bem feitas.

E coube à espanhola de 18 anos de idade liderar a sessão que teve o resultado vazado. Ela anotou 1min43s293, sendo pouco menos de 0s1 mais veloz que Jamie Chadwick, considerada a favorita ao título.

Marta García na frente na W Series 2019

Apesar do pouco destaque de García ao longo do processo seletivo, não é uma surpresa ela ter liderado a sessão. Ela tem um currículo pequeno, mas recheado de conquistas no esporte a motor, como o título do Troféu Academia, competição realizada pela FIA no kartismo, na qual todos os participantes têm o mesmo equipamento, e integrou a academia da Renault, em 2017, mas foi dispensada pela montadora por causa dos fracos resultados obtidos na F4 naquele ano.

Com a chegada da W Series, a espanhola está de volta aos monopostos e já afirmou que pretende seguir carreira no automobilismo mesmo que não conquiste o título.

Falando no caneco, a disputa entre Chadwick e Beitske Visser promete ser bastante equilibrada, afinal apenas 0s001 as separaram na sessão em Lausitzring. E, segundo a imprensa holandesa, foi Visser quem liderou os outros dois dias de atividades na Alemanha, em que os tempos não foram vazados.

Se García ainda está dando seus primeiros passos no esporte a motor, suas duas grandes concorrentes já tem carreira de certa forma consolidada. Chadwick foi anunciada nesta quarta como pilota júnior da Aston Martin, enquanto Visser ocupa posição semelhante na BMW.

A quarta colocação ficou com Alice Powell, campeã da extinta F-Renault Barc em 2010. Essa é a mesma categoria em que Pietro Fittipaldi triunfou quatro anos mais tarde, quando trocou os ovais dos EUA pela Europa.

Apesar de ter participado de categorias como a F3 Inglesa e a GP3, a pilota britânica dizia que não conseguiu ir mais longe no esporte a motor porque nunca teve o orçamento necessário para andar pelos times de ponta. Como na W Series todos os carros são preparados por uma mesma escuderia – a Hitech -, Powell está podendo mostrar seu talento, andando no top-5.

Emma Kimilainen, finlandesa de 29 anos de idade, completou o grupo das cinco primeiras. No começo da década, ela teve bons resultados em campeonatos de monopostos do Reino Unido, mas deixou a carreira de lado quando teve um filho. Nos últimos anos, ela voltou ao esporte a motor, primeiro na Suécia e agora na W Series, exibindo o mesmo talento de seu auge.

Sarah Moore foi outra surpresa ao ficar com a sexta posição, uma vez que ela tem pouquíssima experiência com monopostos. Em 2009, ela foi campeã da Ginetta Junior, categoria por ponde passaram Lando Norris e Enzo Fittipaldi e é conhecida porque a idade mínima para participar dela é a menor de todos o Reino Unido.

Miki Koyama, que não participou da etapa de abertura da F4 Japonesa por causa de os testes na Alemanha acontecerem, foi a sétima, seguida por Naomi Schiff, sul-africana que fez algumas corridas de F-Renault no começo da década e que trilhou uma carreira de respeito em carros GT4 e em protótipos.

Sabré Cook ficou em nono. O curioso dessa americana é que ela integra a academia da Renault. Mas não estou falando da iniciativa pela qual García passou e que agora tem o brasileiro Caio Collet. Ela faz parte do programa de jovens engenheiros da equipe de F1 ao ser aprovada em uma competição no fim do ano passado.

E o grupo das dez primeiras colocadas foi completado por Esmee Hawkey, pilota que normalmente compete na Porsche Cup Britânica.

A W Series agora volta à pista nos dias 3 e 4 de maio, em Hockenheimring, para a abertura da temporada 2019.

Abaixo você pode ver os tempos que vazaram da sessão de treinos na Alemanha:

resultado do treino da W Series em Lausitzring

Image of Beitske Visser
Beitske Visser, no carro à frente, foi a mais rápida em dois dos três dias de atividade, segundo a imprensa holandesa – fotos dos post: colin mcmaster/lat/w series/divulgação
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s