DTM, R Motorsport, DTM 2019, Aston Martin,

A miséria da HWA

HWA. Essas três letras são a sigla de Hans Werner Aufrecht, um dos principais nomes do automobilismo alemão.

Ele foi um dos fundadores da nova versão do DTM – que estreou em 2000 – e também da equipe AMG, que fez bastante sucesso com carros da Mercedes nos anos 1990. Mais tarde, a própria montadora comprou a AMG, transformando-a em uma preparadora de equipamentos de alto desempenho, e Aufrecht acabou criando uma nova escuderia que levava suas iniciais: a HWA.

Sua escuderia, sempre com apoio da Mercedes e da AMG, conquistou oito títulos desde a recriação do DTM: quatro de Bernd Schneider, dois de Gary Paffett (incluindo o de 2018), um de Paul Di Resta e um de Pascal Werhlein.

Mas apesar do sucesso recente, a HWA parece estar vivendo seu pior momento no esporte a motor. Tudo por causa da decisão da Mercedes de deixar o DTM no fim do ano passado para se dedicar à Formula E.

Uma das consequências da mudança foi a ida da própria HWA para a categoria de carros elétricos. Como a Mercedes só vai ter uma equipe oficial no fim deste ano, ela colocou sua parceira para participar já na atual temporada – na estreia do novo carro do certame.

Assim, dá para dizer que a HWA esquenta o banco: está coletando informações importantes sobre como funciona o carro, a categoria e as pistas, enquanto a Mercedes apenas trabalha no desenvolvimento do próprio equipamento. Para a temporada 2019/20, a fabricante germânica é que assumirá de fato a vaga no certame.

Só que a HWA tem sido a pior equipe neste começo de ano da Formula E: é a única que nem sequer pontuou. Paffett ainda não está no ritmo da categoria, enquanto Stoffel Vandoorne, que consegue se classificar muito bem para as corridas, tem seu desempenho prejudicado por erros bobos e problemas mecânicos.

E os carros elétricos não são a única frente em que a escuderia não está bem.

Aston Martin no DTM 2019

Voltando a falar do automobilismo germânico, apesar da saída da Mercedes, a HWA continua no DTM. Para 2019, ela fechou uma parceria com a esquadra R Motorsport para levar a Aston Martin ao campeonato.

A festa de lançamento foi nesta quarta-feira, dia 20. Mas em vez de apresentar o novo carro, a fabricante exibiu apenas um protótipo (o azul na foto em destaque), e seus dirigentes já falam que talvez não dê tempo de estar tudo pronto para a etapa de abertura, em maio.

Nem mesmo a ida da HWA para a F3 escapou das críticas. Enquanto a expectativa era de a escuderia dar espaço a protegidos da Mercedes, seu plantel deixou a desejar. Ele é formado por Keyvan Andres Soori, que terminou apenas em 18º na temporada passada da F3 Euro, Bent Viscaal, principal adversário de Felipe Drugovich na campanha da Euroformula Open 2018, e Jake Hughes, veterano que vai para seu quarto ano em categorias equivalentes à F3.

O lado bom é que nem tudo está perdido. Já se sabia que a temporada na Formula E seria complicada por ser a única equipe estreante e que não conta com pesados investimentos da montadora.

Quanto ao DTM, de fato houve pressa para que o acordo com a Aston Martin fosse fechado, já que sem uma terceira montadora – fora Audi e BMW – a categoria não seria disputada em 2019. Nesse contexto, prazos apertados e atrasos no projeto acabam sendo normais. E a expectativa é que a situação se normalize ao longo do ano.

Na F3, o que pega é a entressafra da Mercedes. Se a fabricante nem sequer conseguiu encontrar uma vaga para que Esteban Ocon corresse na F1 neste ano, do que adiantaria ter um time cheio de jovens pilotos nas categorias de base?

Gary Paffett, HWA, Formula E, Formula E 2019, Cidade do México
Gary Paffett ainda não pontuou na Formula E 2019 – foto: HWA/divulgação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s