8 pontos para entender o mercado de pilotos da Supercars 2019

Parecia que o mercado de pilotos da Supercars, da Austrália, para a temporada 2019 seria bastante tranquilo. A principal novidade era a saída de Mark Winterbottom da Tickford, após quase 15 anos, a estreia do Mustang como equipamento da Ford, e a Nissan deixando o campeonato como time de fábrica.

Ou seja, nada que pudesse mudar a briga pelo título, que mais uma vez deve ficar entre Scott McLaughlin (atual campeão pele Penske), Shane van Gisbergen e Jamie Whincup, ambos da Red Bull Triple Eight.

Mas aí uma série de notícias em poucos dias atingiu a categoria, e pode deixar o campeonato deste ano ainda mais equilibrado.

Vamos a elas:

1) Tetracampeão da Supercars, Craig Lowndes anunciou, em julho, que se aposentaria no fim de 2018.

2) Para a vaga de Lowndes na equipe Triple Eight, Simona de Silvestro era a mais cotada. Ela faria parte de um time feminino, inscrito pela filha de Roland Dane, dono da escuderia, e com apoio da Cams (a confederação que rege o automobilismo australiano, a CBA de lá).

3) O acordo com Simona, que era questão de tempo para ser anunciado, naufragou, e a pilota suíça continuou com a Nissan para 2019.

4) A Triple Eight, então, decidiu devolver o REC (documento obrigatório para os carros competirem e que existe em número limitado) do equipamento de Lowndes para a organização da Supercars.

5) Ao mesmo tempo, a Tickford demitiu Richie Stanaway – que chegou à categoria como grande estrela, mas passou o ano constantemente na última colocação – e também devolveu o REC do carro do neozelandês.

6) A empresa Boost Mobile, que patrocinava a Walkinshaw Andretti United, tentou comprar os dois REC sobrando (da Triple Eight e da Tickford) e inscrever sua própria escuderia. Mas o pedido foi negado pela organização do certame.

7) A Boost Mobile, então, fechou um acordo para patrocinar a equipe de Garry Rogers em 2019. No entanto, uma das exigências era que o time tivesse dois jovens pilotos no volante. Para isso, o veterano Garth Tander, campeão de 2007, foi demitido e Stanaway acabou contratado.

8) Tander foi anunciado pela Triple Eight como parceiro de Shane van Gisbergen nas provas de longa duração (Bathurst, Gold Coast e Sandown) em 2019 e 2020. Ao mesmo tempo, Lowndes terá a mesma função ao lado de Jamie Whincup no outro carro patrocinado pela Red Bull.

Você pode clicar aqui para ver como está a formação do grid da temporada 2019 da Supercars.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s