As vitórias do Brasil em 2018

Tomara que os organizadores dos principais campeonatos do mundo não tenham esquecido de levar o hino nacional brasileiro para tocar no alto do pódio em 2018. É que não faltou oportunidade. Neste ano, os pilotos do país triunfaram 84 vezes nas pistas do mundo todo.

Foi um desempenho fantástico. Basta ver que em 2016, último ano em que eu havia contabilizado as vitórias do país nas pistas, tinham sido 45 triunfos. Ou seja, desta vez foi quase o dobro.

Para começar, um dos responsáveis por esse aumento de primeiros lugares foi Felipe Drugovich. Foram 16 vitórias dele, somando as campanhas dos títulos da Euroformula Open e do MRF Challenge. Colocando em contexto, 16 é o mesmo número de triunfos que Charles Leclerc, novo piloto da Ferrari na F1, tem em toda a carreira desde que saiu do kartismo.

Lembrando que só entra neste post os resultados obtidos entre 1º de janeiro de 2018 e a data de publicação. Desempenhos em temporadas bianuais só valem para o ano em que eles foram obtidos. Quer dizer, apesar de Drugovich ter sido matematicamente campeão do MRF Challenge em fevereiro, ele já tinha obtido oito primeiros lugares por lá, entre novembro e dezembro do ano passado. Esses ficaram de fora.

O ano cheio de títulos para o automobilismo brasileiro também contribuiu para inflar as conquistas de 2018. Caio Collet e Enzo Fittipaldi, campeões, respectivamente, da F4 Francesa e da F4 Italiana, receberam a bandeira quadriculada na frente oito vezes cada um.

Primeiro colocado na divisão TA2 da Trans-Am, certame de turismo Pro-Am dos EUA, Rafa Matos acumulou cinco vitórias nos últimos 12 meses, mesmo número de Giulio Borlenghi, que levou para casa a taça da divisão Am do GT Open, ao lado do polonês Andrzej Lewandowski. Por fim, Igor Fraga também ganhou cinco provas na campanha do vice da F4 Mexicana.

Falando em GT Open, nessa categoria os brasileiros sobraram. Em algumas etapas, até nove representantes do país alinharam no grid. Três deles levaram a melhor na classificação geral: Daniel Serra, em duas oportunidades, além da dupla Marcelo Hahn e Allam Khodair. Também foi nesse certame que Alan Hellmeister sofreu o grave acidente na etapa de Monza.

Como os pilotos correm em dupla nessa categoria, e os brasileiros foram bem nas três divisões – Pro, Pro-Am e Am -, então o país acumulou bastante primeiras colocações por lá. Curiosamente, a Euroformula Open faz a preliminar do GT Open ao longo do ano, então os organizadores devem estar mais do que acostumados com o Ouviram do Ipiranga.

Por fim, vale aqui um aviso. É muito difícil ficar de olho em todos os representantes do país no automobilismo internacional, portanto posso ter me esquecido de alguém neste post. Daí basta avisar nos comentários que atualizo a conta.

Veja abaixo todas as vitórias brasileiras em 2018 no automobilismo internacional:

vitorias br int 2018

NO BRASIL:

25801980217_37da3d6284_k
Vicente Orige participou da primeira etapa da Stock Car em 2018 – foto: fernanda freixosa/vicar/divugação

Contando só as principais categorias nacionais, ninguém subiu tanto no degrau mais alto do pódio quanto Vicente Orige. Mas há uma explicação: ele participou do Brasileiro de Marcas, torneio que pelo segundo ano consecutivo teve um grid bem pequeno e bastante enfraquecido. Então, Orige, com passagem pela Stock Car, sobrou contra seus adversários.

Sem a regra do grid invertido, mas com rodadas duplas, a Copa Truck colocou Felipe Giaffone e Roberval Andrade logo na sequência. Primeiro colocado na Porsche Cup, Werner Neugebauer também apareceu no pódio dos mais vitoriosos do ano.

Entre os pilotos que venceram em mais de um torneio, destaque para Daniel Serra. Seus dois triunfos na Stock Car o levaram ao bicampeonato, enquanto os dois primeiros lugares no Endurance Brasil contribuíram para que Chico Longo, seu companheiro de Lamborghini, ficasse com a taça. Longo ainda ganhou os 500 Km de São Paulo, no último fim de semana antes do Natal, mas com Marcos Gomes e Victor Franzoni como parceiros.

Também vale citar Lucas Di Grassi, que voltou ao país para disputar a Stock Car praticamente em tempo integral e cruzou a linha de chegada na frente em três oportunidades – coincidentemente todas no Paraná.

Confira os brasileiros com ao menos três vitórias no ano no país:

vitorias br 2018

Leia outros textos do especial de fim de ano:
> 9 anos de World of Motorsport
> Os melhores de 2018
> 5 jovens promessas para ficar de olho em 2019
Quiz Autosport 2018
2018 World of Motorsport Rookie of the Year

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s