A F1 no roval da Nascar

Principal novidade da temporada 2018 da Nascar, a etapa no Roval de Charlotte acontece neste fim de semana e promete ser diferente de tudo já visto na categoria.

Antes, só para explicar, roval é um traçado que combina partes de um oval com trechos de circuito misto (road course, em inglês).

Para este ano, os organizadores da corrida de Charlotte – considerada um das menos emocionantes do calendário – procuraram a Nascar para que a prova deste fim de semana acontecesse no roval, como forma de aumentar a audiência e o interesse, além de atender a um antigo pedido dos fãs da categoria, que queriam um circuito misto durante os playoffs. A Nascar aprovou, e o plano foi levado adiante.

Aliás, a prova deste domingo deve ser bastante emocionante, porque define os quatro primeiros eliminados da fase final da temporada.

Mas o que fará a corrida em Charlotte ser diferente de tudo já visto na Nascar é que a inspiração para ela é a F1.

Não é modo de dizer. Como se já não bastasse a primeira eliminação dos playoffs acontecer num roval, para acrescentar uma dose de exotismo os organizadores resolveram trazer diversos aspectos dos GPs, mas que quase não são visto nos EUA.

Um desses elementos são as áreas de escape e partes do asfalto pintadas nas cores do país – no caso de Charlotte, no azul, branco e vermelho norte-americanos.

Para isso, a empresa Roadgrip foi contratada. Essa é a mesma companhia que há anos tem trabalhado com a F1 e colorido as longas áreas de escape em circuitos como o Red Bull Ring, Silverstone, Cingapura, Baku e Sochi – onde, aliás, a F1 vai estar neste fim de semana.

No roval, boa parte das curvas e chicanes terá as pinturas da Roadgrip.

O outro elemento inspirado na F1 é a publicidade. Nos GPs, poucas empresas têm o direito de exibir suas marcas nas pistas, mas pode as expôr em diversos trechos do traçado e em áreas com mais destaque. Quando acompanhamos a um corrida da F1, é comum ver placas enormes da Pirelli, Renault ou de qualquer outra marca pelo circuito.

Na Nascar é diferente. As publicidades normalmente são concentradas em outdoors localizados atrás dos alambrados das curvas ou no gramado abaixo da linha de largada e chegada.

Para o roval, a publicidade vai ser uma mescla desses dois mundos. Vai continuar existindo nos outdoors e no gramado, mas também estará no “estilo F1” dentro do trecho misto do traçado. Veja alguns exemplos nas imagens abaixo e também na foto em destaque do post:

Nascar roval 1Nascar roval 2Nascar roval 4

No fim, é curioso ver como a cultura do automobilismo é muito diferente de país para país. Afinal, em Charlotte, onde a maior parte das equipes da Nascar está localizada, o significado de exótico para eles é a F1.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s