Enzo Fittipaldi Red Bull Ring F4 Alemã

Fim de semana de recuperação para Enzo Fittipaldi

Não demorou para que Enzo Fittipaldi se recuperasse na temporada 2018. Depois de perder a liderança do campeonato na F4 Italiana, no começo do mês, em Monza, o brasileiro deu a volta por cima, neste fim de semana, na F4 Alemã, ao conquistar duas poles e uma vitória – a sua primeira na categoria – no Red Bull Ring.

Com os resultados positivos, subiu para a terceira posição no torneio germânico, com 138 pontos, 61 a menos que Lirim Zendeli, o líder.

Por estar em seu terceiro ano na categoria, o piloto alemão já era apontado como favorito ao título desde a pré-temporada. E, até agora, vem correspondendo: obteve seis poles (de oito possíveis) e seis vitórias nas primeiras 12 corridas.

Mas, ainda que Zendeli tenha esse desempenho dominante, outros competidores estão tendo chances de aparecer. Fittipaldi é um deles. O brasileiro tem usado o bom equipamento da Prema para lutar pelas primeiras colocações com frequência.

Outro é o neozelandês Liam Lawson, estreante na categoria. O substituto de Felipe Drugovich na equipe Van Amersfoort venceu três vezes, além de ter subido ao pódio em outras quatro provas, mesmo sem conhecer a maioria das pistas do calendário.

Lawson já havia se destacado no fim do ano passado quando foi o mais jovem entre os finalistas da bolsa para o programa Road to Indy.

Agora, a F4 Alemã faz uma pausa de praticamente dois meses e volta no fim de julho, em Hockenheimring, como preliminar do GP da Alemanha da F1. Oportunidade para Zendeli, Fittipaldi, Lawson e os demais competidores chamarem a atenção das equipes da F1.

Antes, o brasileiro retorna à F4 Italiana, cuja quarta etapa será disputada no próximo fim de semana em Misano. É a chance de ele recuperar a liderança do campeonato.

Em Monza, ele não foi bem. Na primeira corrida abandonou após bater em Leonardo Lorandi, seu principal adversário na briga pela taça, enquanto na segunda se enroscou com Gregoire Saucy, na volta final, na Parabolica, a última curva do traçado. Na terceira bateria, salvou um quinto lugar.

Após os problemas, Fittipladi soma 103 pontos, 40 a menos que Leonardo Lorandi. Oli Caldwell, britânico companheiro de equipe do brasileiro, é o segundo na tabela, com 120.

Se a F4 Alemã vai se encaminhando para ser conquistada por Zendeli, no certame italiano lutar pelo título não só é viável, como também pode ser considerado uma obrigação para um piloto que conta com o apoio da Academia da Ferrari e está na Prema, a escuderia mais forte do grid.

Como ainda faltam as corridas em Misano, Imola, Vallelunga e Mugello, há tempo para Fittipaldi conseguir se recuperar.

Você pode clicar aqui para ver os resultados completos da F4 Alemã no Red Bull Ring, assim como os das principais categorias do esporte a motor no último fim de semana.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s