Quanto ganham os pilotos da MotoGP?

Dá para dizer que a Honda conseguiu uma pechincha ao assinar com Jorge Lorenzo para as próximas duas temporadas da MotoGP.

De acordo com o site Motorsport, o tricampeão da categoria vai receber 4 milhões de euros por ano da fabricante japonesa. É cerca de um terço dos 12 milhões de euros que ganha da Ducati para cada uma das temporadas 2017 e 2018.

Faz sentido essa redução no pagamento. Lorenzo estava desvalorizado no mercado por causa dos resultados ruins pela Ducati, e havia quem questionasse se ele seria capaz de voltar a vencer na MotoGP ou se, aos 31 anos, já estava entrando na fase decadente da carreira.

E essa dúvida era válida, uma vez que a assinatura com a Honda aconteceu antes de ele vencer a etapa de Mugello, no último fim de semana.

Apesar de equipes e empresários evitarem revelar quanto os pilotos ganham, estima-se que as estrelas da MotoGP têm salário acima dos dez milhões de euros. Segundo a Forbes, Valentino Rossi recebe US$ 12 milhões por ano da Yamaha. Se levar em conta receitas de patrocínios, esse valor é dobrado.

Quando Marc Márquez renovou com a Honda no começo do ano, foi especulado um salário maior que o de Rossi – acima de US$ 12,5 milhões – para as próximas duas temporadas. Como ele conquistou quatro dos últimos cinco títulos da MotoGP e talvez ainda nem esteja no auge da carreira (tem só 25 anos), é justo que embolse mais que o italiano, lembrando que neste valor não entra dinheiro de patrocinadores.

No degrau intermediário dos salários da MotoGP, Lorenzo, com o novo acordo com a Honda, deve ganhar mais que um piloto de fábrica menos badalado.

Ainda de acordo com o Motorsport, Andrea Dovizioso, seu companheiro de Ducati, levava menos de dois milhões de euros por temporada. Como o contrato havia sido assinado em uma época na qual pouco se esperava dele, fazia sentido ganhar pouco.

Mas em 2017 Dovizioso surpreendeu e disputou o título até a última etapa, se tornando o principal nome da fabricante italiana no certame, exigindo um aumento para renovar seu vínculo com o time – o novo valor não foi revelado.

Maverick Viñales e Dani Pedrosa devem ter no contrato um valor intermediário entre Lorenzo e Dovizioso – de dois a quatro milhões de euros.

Pilotos de fábrica de Suzuki, KTM e Aprilia têm salários estimados em cerca de US$ 1 milhão. O resto varia de US$ 250 mil a US$ 750 mil.

Mas como estão os ganhos de Rossi, Márquez, Lorenzo e Dovizioso na comparação com outros esportistas? Nesta terça, dia 5, a Forbes divulgou a lista dos atletas mais bem pagos do mundo.

Encabeça o ranking o boxeador Floyd Mayweather, que recebe US$ 285 milhões, dos quais US$ 10 milhões são patrocínio. O resto é salário e premiação. Lionel Messi é o segundo, embolsando US$ 111 milhões.

Na relação há três pilotos: Lewis Hamilton e Sebastian Vettel, ambos com US$ 42 milhões de salário, e Fernando Alonso, que recebe US$ 32 milhões. Só o que ganha o espanhol da McLaren é quase o triplo do obtido pelas estrelas da MotoGP.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s