Dizer que Caio Collet se tornou o primeiro brasileiro a vencer uma corrida da F4 Francesa pode parecer óbvio.

É que antes dele o país teve apenas um representante na categoria: Jean Antunes, dono de alguns bons resultados no kartismo, que participou da etapa de abertura da temporada 2011, em Lédenon, conquistando um 14º lugar (de 21 carros) e abandonando uma prova na rodada dupla.

Como curiosidade, Pierre Gasly, hoje titular da Toro Rosso, também não completou as duas corridas de Lédenon, o que o prejudicou no campeonato. No fim, ele não conseguiu se recuperar e foi apenas o terceiro na tabela de pontos.

A F4 Francesa nunca foi um destino popular para competidores saídos da América Latina. A Colômbia teve dois pilotos na história do campeonato, enquanto o México teve quatro, incluindo Pato O’Ward, que venceu uma vez em 2014.

Mas o nome de maior sucesso entre os pilotos latinos é o de Sacha Fenestraz, vice-campeão e principal destaque de 2015, com três vitórias. Mas o atual titular da Carlin na F3 Euro compete com a licença francesa, apesar de carregar tanto a bandeira da Argentina quanto a do país europeu no macacão.

Voltando a Collet, o brasileiro encaminhou as duas vitórias ainda na sexta-feira, quando foi o mais veloz no treino classificatório, no circuito de rua de Pau, onde quase não há chances de ultrapassagem.

Na primeira corrida, segurou a pressão de Arthur Leclerc, irmão mais novo de Charles Leclerc, para receber a bandeira quadriculada na frente. E, na última prova do fim de semana, o brasileiro liderava com cerca de um segundo de vantagem para o belga Ugo de Wilde, quando a prova foi interrompida por causa de uma forte chuva que se avizinhava do circuito.

Como a corrida ainda estava no começo, apenas metade dos pontos foram distribuídos, e Collet perdeu a chance de ampliar a vantagem na tabela.

Após duas etapas, ele soma 83,5, contra 81 de De Wilde. A próxima etapa está marcada para os dias 2 e 3 de junho, em Spa-Francorchamps.

Você pode clicar aqui para ver os resultados completos da F4 Francesa em Pau, assim como os das principais categorias do automobilismo mundial no último fim de semana.