Treinos da Super Formula 2018 em Suzuka

Principal categoria de monopostos do Japão, a Super Formula realizou dois dias de treinos coletivos nesta semana em Suzuka. E dois brasileiros estiveram presentes: Pietro Fittipaldi e João Paulo de Oliveira, embora nenhum deles esteja confirmado para disputar a temporada.

O anúncio de que o neto de Emerson participaria das atividades veio de última hora, pouco antes de o piloto embarcar para o Japão.

E Fittipaldi impressionou. Pilotando para a equipe LeMans ele andou só na terça-feira, no segundo dia de testes, e anotou 1min38s209, cerca de 0s2 mais rápido que Oliver Rowland, terceiro colocado na F2 em 2017 e especulado como titular do time.

Levando em conta só o desempenho de terça, o brasileiro também foi mais veloz que Kazuya Oshima, o outro piloto da equipe. O nipônico, no entanto, tinha registrado seu melhor tempo na segunda.

A LeMans é uma das duas equipes que chegaram a Suzuka com uma vaga aberta para 2018, embora Rowland seja o favorito para assumi-la. Mas, caso Fittipaldi feche com o time, há dois choques de datas com as provas que vai fazer na Indy: as etapas de Autopolis e Sugo, nos dias 13 e 27 de maio, respectivamente, batem com o GP de Indy e as 500 Milhas de Indianápolis.

No ano passado, a LeMans teve Felix Rosenqvist como titular, mas o sueco decidiu se dedicar neste ano ao SuperGT, além de continuar na Formula E.

A outra equipe com seu piloto titular indefinido era a B-MAX, ligada à Nissan. O time testou Katsumasa Chiyo (campeão da Blancpain Endurance Series em 2015) e Jann Mardenborough, descoberto pela montadora no videogame. No duelo, o nipônico levou a melhor e foi escolhido para competir a temporada toda.

Campeão da Super Formula em 2010, João Paulo de Oliveira desde o ano passado não disputa mais o campeonato. Ele atuou como piloto de testes da Toyota e guiou o carro de Kazuki Nakajima na terça-feira, apenas dois dias após ter ganhado a Corrida de Duplas da Stock Car, ao lado de Daniel Serra.

JP andou pela TOM’s, que neste ano não terá André Lotterer pela primeira vez em 15 anos. O alemão deixou a categoria para andar no WEC e na Formula E. Foi substituído por James Rossiter, que já competia pela escuderia nipônica no Super GT.

Na soma dos tempos (os resultados completos você pode ver abaixo), quem levou a melhor foi um velho conhecido de quem acompanha a F1: Kamui Kobayashi. O ex-piloto de Toyota, Sauber e Caterham anotou 1min36s122 e superou Kazuki Nakajima, ex-Williams, por apenas 0s019.

Atual campeão da categoria, Hiroaki Ishiura foi o sexto, enquanto Nirei Fukuzimi, piloto em desenvolvimento da Honda e especulado na Toro Rosso, foi o 12º.

A temporada 2018 da Super Formula começa dia 22 de abril em Suzuka.

Veja a soma dos tempos dos testes:

super formula

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s