Novos carros da F1 2018 – Force India VJM11

Pilotos
11 – Sergio Pérez (MEX)
31 – Esteban Ocon (FRA)

Quando a temporada 2018 da F1 começar no dia 25 de março, em Melbourne, na Austrália, esta equipe pode já ter mudado de nome. Por quê? Como consequência de ser vendida a algum investidor ou apenas uma forma de se internacionalizar para conseguir novos patrocinadores.

Seja como Force India, seja com outra nomenclatura, a escuderia entra neste ano de olho em manter a boa fase na F1, tendo terminado as últimas três temporadas entre as cinco primeiras colocadas e obtendo três pódios no período.

Para isso, conta com Sergio Pérez e Esteban Ocon, dois dos pilotos mais rápidos da categoria, que não aliviam para os adversários em brigas por posição e que costumam cometer poucos erros – menos quando o duelo é entre eles mesmos.

Em relação ao novo carro, não houve mudanças drásticas. Exemplo disso é que ela segue com o bico com os mesmos detalhes do ano passado – como o degrau e os dois buracos na lateral presos por uma aleta (veja na foto em destaque).

A Force India ainda manteve a parceria com a Mercedes, que rende ao time não só os motores para o VJM11, mas também Ocon – com contrato com a montadora alemã.

Quanto ao layout, houve pequenas atualizações – o carro deste ano tem mais branco e azul -, com o rosa – por causa da patrocinadora BWT – seguindo como principal cor.

PONTO FORTE: com orçamento maior apenas que Toro Rosso, Haas e Sauber, a Force India terminou as duas últimas temporadas na quarta colocação na tabela de pontos e, vez outra, acaba beliscando algum pódio. Para 2018, manteve todos os principais nomes da equipe técnica, além da dupla de pilotos.

PONTO FRACO: dono da escuderia, Vijay Mallya já teve sua prisão pedida pelas autoridades indianas em decorrência da falência de uma de suas empresas – a aérea Kingfisher. Por viver no Reino Unido, não pode ser preso nem deportado sem autorização do governo britânico, então segue em liberdade, e a equipe corre normalmente. Porém, há pressão para que ele venda a Force India, embora até agora só haja rumores sobre um eventual negócio.

Na última temporada, as disputas entre Ocon e Pérez levaram a diversos acidentes para ambos, tanto que o time indiano proibiu que eles brigassem por posição nas corridas. Essa medida não deve continuar em 2018, mas resta saber se eles se acalmaram.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Clique abaixo para saber mais sobre as equipes da F1 2018:
Guia da F1 2018
Haas – VF-18
Williams – FW41
Red Bull – RB14
Renault – RS18
Sauber – C37
Ferrari – SF71H
McLaren – MCL33
Mercedes – W09
Toro Rosso – STR13

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s