Novos carros da F1 2018 – Renault RS18

Pilotos
27 – Nico Hulkenberg (ALE)
55 – Carlos Sainz Jr. (ESP)

Quando voltou à F1 em 2016, a Renault tinha como objetivo investir cerca de US$ 1 bilhão na categoria em dez anos. A ideia era que o dinheiro entrasse de forma escalonada: menos nos primeiros anos, enquanto organizava a casa, e mais nas temporadas finais, quando pretende lutar pelo título.

Neste terceiro ano desse projeto, a equipe ainda não almeja as vitórias. Os principais objetivos são subir ao pódio pela primeira vez na atual passagem pela F1 e andar mais próximo de McLaren e Red Bull, que também usam motor Renault.

Para isso, a montadora deu ênfase em acabar com os problemas de confiabilidade, que a prejudicaram na temporada passada. Assim, as principais novidades do RS18 estão por baixo da carenagem, não sendo visíveis.

Na parte de fora, o novo carro traz um layout do ano passado revisado, com mais preto e um amarelo mais brilhante.

A equipe manteve o aerogato (ou “aerocat”) uma peça vertical, colocada antes do sidepod e que, pelo recorte, parece um gatinho (veja detalhe na galeria).

Quanto à lateral do carro, foi a única equipe entre as que apresentaram o equipamento até agora a manter o sidepod tradicional. A tendência – iniciada pela Ferrari ano passado – é deixar a lateral mais curta e começando um pouco mais para trás, dando mais espaço para a aerodinâmica. Veja abaixo a comparação do tamanho dos sidepods da Renault com os de Haas e Williams.

A revista alemã Auto Motor und Sport levantou a questão: esse pode não ser o sidepod definitivo, com uma nova versão aparecendo apenas nos testes ou só no começo da temporada. A outra opção é a Renault ter comido bola no novo equipamento.

 

PONTO FORTE: com Carlos Sainz Jr e Nico Hulkenberg, pela primeira vez desde que voltou à F1, o time tem dois pilotos com condições de marcar pontos constantemente em toda as corridas. O que é importante para uma equipe que terminou as últimas etapas de 2017 atrás apenas de Mercedes, Ferrari e Red Bull.

PONTO FRACO: tanto Hulk quanto os dirigentes dizem que leva ao menos mais dois anos para alcançar Mercedes e Ferrari. Ou seja, um eventual pódio em 2018 só com abandonos das principais rivais.

 

 

 

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Clique abaixo para saber mais sobre as equipes da F1 2018:
Guia da F1 2018
Haas – VF-18
Williams – FW41
Red Bull – RB14
Sauber – C37
Ferrari – SF71H
Force India – VJM11
McLaren – MCL33
Mercedes – W09
Toro Rosso – STR13

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s