O esporte a motor teve suas perdas em 2017, que incluíram nomes como Nicky Hayden, campeão da MotoGP em 2006, e John Surtees, vencedor da F1 em 1964.

Se de um lado houve poucos acidentes fatais em pistas – e nenhum nas principais categorias do mundo -, do outro, provas como o TT da Ilha de Man e o GP de Macau voltaram a registrar mortes, mostrando uma necessidade de aumento de segurança.

Como este é o primeiro ano em que registro as mortes no esporte a motor, pode ser que tenha deixado escapar algum nome. Daí é só avisar nos comentários, por favor, que atualizo o texto o quanto antes.

Confira abaixo quem morreu nos últimos 12 meses no esporte a motor:

JANEIRO

FEVEREIRO

MARÇO

9 – Anthony Delhalle – Piloto de provas de endurance de motos.

10 – John Surtees – Campeão mundial de F1 em 1964 e sete vezes campeão mundial nas motos.

12 – Patrick Nève – Disputou dez GPs da década de 1970; foi o primeiro piloto da Williams na F1.

21 – Pete Hamilton – Ex-piiloto da Nascar, venceu a Daytona 500 de 1970.

25 – Dave Steele – Ex-piloto de Indy e Nascar, morreu em acidente durante prova de sprintcar.

26 – Alfredo Guaraná – Ex-piloto e mecânico. Trabalhou com Helio Castroneves no começo de carreira.

ABRIL

– Sam Ard – Campeão da Nascar Busch Series (hoje Xfinity Series) em 1983 e 1984.

4 – Mike Taylor – Correu em dois GPs, um em 1959 e outro em 1960.

– Tim Parnell – Disputou dois GPs em 1961 e foi chefe de equipe da BRM.

27 – Joe Leonard – Pole na Indy 500 de 1968, terminou a prova americana duas vezes em terceiro.

30 – Preston Henn – Ganhador das 24 Horas de Daytona de 1983, ao lado de A.J. Foyt.

MAIO

4 – Timo Makinen – Piloto de rali nas décadas de 1960 e 1970; o primeiro a ganhar o apelido de Flying Finn (Finlandês Voador, em inglês).

18 – Jim McElreath – Disputou 15 Indy 500, com o terceiro lugar, em 1966, como melhor resultado.

22Nicky Hayden – Campeão da MotoGP em 2006.

28 – Eric Broadley – Fundador da Lola.

JUNHO

6 – Davey Lambert – Morreu durante o TT da Ilha de Man.

7 – Jochem van der Hoek e Alan Bonner  – Morreram durante a disputa do TT da Ilha de Man.

JULHO

24 – Sérgio dos Santos – Morreu devido a acidente durante a etapa da Superbike brasileira em Interlagos.

26 – Leo Kinnunen – Primeiro finlandês a disputar um GP de F1; venceu as 24 Horas de Daytona de 1970.

AGOSTO

3 – Ángel Nieto – Foi campeão do mundo 13 vezes nas motos.

– Harry Scott Jr – Foi dono de equipe na Nascar até 2016.

19 – Shane Sieg – Ex-piloto da Nascar Truck Series; irmão mais velho de Ryan Sieg, que corre na Xfinity.

21 – Don Nichols – Fundador da equipe Shadow, na F1.

SETEMBRO

– David Ferrer – Morreu em acidente em corrida de carros históricos da F1 em Zandvoort.

16 – Ted Christopher – Campeão da divisão Modified, da Nascar, em 2008.

19 – John Nicholson – Disputou o GP da Inglaterra de 1975, ficou conhecido como preparador de motores.

30 – Maxime Berger – Ex-piloto da Superbike.

OUTUBRO

Robert Yates – Ex-dono de equipe da Nascar; ficou mais conhecido como preparador de motor da Ford.

27 – Stefan Kiefer – Dono da equipe Kiefer, da Moto2.

NOVEMBRO

18 – Daniel Hegarty – Morreu durante disputa do GP de Macau de motos.

DEZEMBRO

23 – Marcelo Petriccione – Ex-piloto e ex-dono da Birel, fabricante de karts, no Brasil.