Nicky Hayden (1981 – 2017)

Se há algum consolo quando acontece uma morte no esporte a motor é investigar o que aconteceu para que acidentes parecidos nunca mais tenham consequências fatais.

Como resposta a tragédias anteriores vieram, por exemplo, o Hans, proteções para o cockpit, reforço na suspensão dos carros e cabos que não deixam as rodas se soltar em caso de forte impacto.

Mas no caso de Nicky Hayden não se trata de um acidente de corrida. O americano morreu nesta segunda-feira, dia 22, depois de ter sido atropelado, na Itália, quando praticava o ciclismo.

Fosse em uma pista, caberia às entidades máximas do esporte, como FIA, FIM, Indy ou Nascar, criarem regras para evitarem novos acidentes fatais. O maior exemplo foi a temporada 1994 da F1. Após as mortes de Ayrton Senna e Roland Ratzemberger, em Imola, a FIA percebeu que os carros não eram seguros o suficiente e, para evitar novas tragédias, passou a improvisar chicanes em pistas como Barcelona e Spa-Francorchamps.

Mas não é tão fácil assim legislar nas ruas. Leis de trânsito são debatidas no mundo todo, e há inúmeros interesses envolvidos, de organizações de ciclistas a fabricantes de carros. É impossível que todos os lugares do mundo cheguem a um consenso sobre, por exemplo, como proteger os ciclistas.

É por uma falta de solução geral que o acidente de Hayden assusta mais do que outros. Pode acontecer novamente amanhã em qualquer lugar do mundo e com qualquer pessoa que esteja praticando o ciclismo, esporte que aliás é usado por inúmeros pilotos ao redor do mundo para se manterem em forma.

E obviamente não são só os pilotos que estão em risco. No Infosiga, site com dados do governo de SP, dá para ver os números de morte no trânsito no Estado. Só em abril foram seis ciclistas mortos na Grande São Paulo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s