Red Bull Junior Team 2017

Sem Sergio Sette Câmara, a Red Bull anunciou nesta semana a nova escalação do Junior Team para 2017.

O brasileiro, assim como o australiano Luis Leeds, deixou o programa de jovens pilotos da escuderia, que passou a ter o britânico Dan Ticktum e o americano Neil Verhagen entre eles. Pierre Gasly, Niko Kari e Richard Verschoor seguem.

Para Sette Câmara, claro, foi um uma decisão muito ruim, já que a Toro Rosso pode até mesmo mudar seus dois pilotos para 2018. Uma das vagas deve ir para Gasly, atual campeão da GP2 e que vai correr na Super Formula, do Japão, em 2017. O destino da outra está em aberto.

Quanto à saída de Sette Câmara, não é exatamente uma surpresa. Durante a transmissão do GP do Brasil, a Globo ou o SporTV já tinha dito que ele não ia ficar. Agora foi só uma confirmação.

Em seu segundo ano na F3 Euro, o brasileiro tinha como meta brigar por vitórias e pelo título. No lugar, subiu apenas duas vezes ao pódio e terminou em na 11ª colocação.

Já escrevi aqui no World of Motorsport que o ano do  piloto mineiro não foi bom, porque passou longe das expectativas da Red Bull, mas foi melhor do que os números indicam.

Ao longo de sua campanha na F3, ele perdeu três poles e outras classificações na primeira fila por causa de problemas do carro. Foi desclassificado uma vez ao ser pego na vistoria técnica após o treino e perdeu dez posições nos grid em duas oportunidades devido à troca de motores.

Nas demais etapas em que não teve problemas, ele não foi brilhou. A exceção foi Macau, onde andou pela Carlin e terminou como o melhor classificado entre os pilotos de F3, em terceiro, atrás apenas dos veteranos António Félix da costa e Felix Rosenqvist. Mas aí já era tarde para convencer a Red Bull.

Talvez o maior problema tenha sido renovar com a mediana Motopark para esse ano na F3, em vez de correr pela Carlin, tradicional parceira da Red Bull.

Mas Kari e Joel Eriksson também andaram pela equipe alemã, não tiveram os mesmos problemas mecânicos e terminaram na frente do brasileiro na tabela.

Quanto aos novos recrutas da Red Bull, o mais interessante é a de Dan Ticktum.

O britânico disputou pouquíssimas corridas em 2016, porque tinha sido banido por um ano do automobilismo.

É que na etapa de Silverstone da F4 MSA, em 2015, ele ignorou 13 bandeiras amarelas, quatro bandeiras amarelas duplas, duas bandeiras brancas e 15 placas de safety-car, além da orientação dos fiscais, para ultrapassar dez carros durante o período de carro de segurança na pista para bater de propósito em Ricky Collard, de quem havia levado um toque algumas curvas antes.

Ticktum, aliás, era reincidente porque já havia sido desclassificado da etapa de Croft por bater em Lando Norris na última curva.

Apesar de ele ser um piloto muito rápido, não se pode ignorar essas polêmicas.

Aí dá para entender a entrada dele no Junior Team de duas formas: ele ganhou uma segunda chance (e todos merecem uma segunda chance na vida), mas também uma forma de passar a mão na cabeça de um piloto que mostrou mais de uma vez de não ter condições de estar em uma pista.

O que deveria pesar mais nesse caso? Não sei.

O outro novato é Verhagen, de apenas 15 anos. Campeão de categorias menores nos EUA, o americano impressionou nos testes do programa Road to Indy no fim do ano passado e parecia que ia correr na USF2000 na atual temporada. No entanto, foi chamado de forma surpreendente pela Red Bull e agora vai andar na F-Renault Eurocup.

Verhagen, aliás, é o primeiro americano desde Scott Speed a fazer parte do programa.

Verschoor e Ticktum também andarão na F-Renault Eurocup, enquanto Kari passou para a GP3.

Sem o apoio da Red Bull, Sette Câmara já anunciou que correrá na GP2 pela MP, enquanto Leeds disputará a F-Renault Eurocup pela Josef Kaufmann.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Red Bull Junior Team 2017

  1. Lamentamos Sette Camara não continuar no Red Bull team. É um piloto de potencial e poderá representar bem o Brasil no automobilismo de ponta, tem condições tecnicas e habilidade pra chegar na F1 mas agora alem de tudonque ja mostrou vai precisar de um agente bem importante e influente. Sabemos que só qualidade , hoje, não garante mais nada. De qualquer forma terá sempre minha torcida e desejo muita sorte pra ele.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s