*** A F1 viveu uma situação curiosa no México com um piloto recebendo a bandeirada em terceiro (Max Verstappen), um subindo ao pódio em terceiro (Sebastian Vettel) e outro ficando com o troféu do terceiro lugar (Daniel Ricciardo).

*** Alguém mais maldoso (eu) poderia dizer que os três deveriam ter subido ao pódio, de forma parecida com o que aconteceu na Olimpíada, quando os nadadores Michael Phelps, Laszlo Cseh e Chad Le Clos empataram no segundo lugar.

f1

*** Após marcar apenas três pontos nas oito corridas entre o GP da Áustria e o GP da Malásia, Felipe Massa terminou as últimas três provas no top-10. De certa forma, chega em alta para o GP do Brasil.

*** Ainda falando sobre o que aconteceu no México, Enzo Fittipaldi, irmão mais novo de Pietro, conseguiu um sexto lugar e um abandono na etapa da F4 Mexicana. Ele fazia a estreia nos monopostos e deve correr na F4 Inglesa em 2017.

*** O argentino Marcos Siebert e a equipe Jenzer quebraram o domínio da Prema na F4 Italiana e foram campeões de 2016. Eles somaram 231 pontos contra 216 de Mick Schumacher.

*** O pecado da campanha de Schumacher, além de se envolver em inúmeros problemas, foi ter ficado fora da etapa de Adria. Jamais conseguiu se recuperar.

*** Depois de uma vitória no meio da temporada, Giuliano Raucci terminou em oitavo, ficando sem pontuar nas últimas seis corridas. Fora das últimas duas etapas, João Vieira foi o 13º e Mauro Auricchio, o 31º.

*** Entre os outros pilotos que foram campeões no fim de semana estão Leonardo Pulcini (Euroformula Open), Yuji Kunimoto (Super Formula).

*** Aliás, falando na Super Formula, Stoffel Vandoorne encerrou o campeonato na quarta colocação, com duas vitórias, sendo o melhor piloto da Honda na tabela.

*** O quarto lugar de Vandoorne foi o segundo pior resultado da carreira do futuro titular da McLaren. Em 2011, ele terminou a F-Renault Eurocup em quinto.

*** Outro título foi o de Enaam Ahmed, que venceu o troféu de inverno da F3 Inglesa. Na competição de quatro corridas ao longe um único fim de semana, o grid também contou com nomes como Joey Mawson (campeão da F4 Alemã), Marcus Armstrong, Cameron Das (campeão da F4 USA) e Callan O’Keeffe, além de Dan Ticktum, que voltou a correr após ter sido banido dos últimos 12 meses.

*** O fim de semana também marcou a estreia da F4 dos Emirados Árabes Unidos. Com apenas seis carros correndo em Abu Dhabi, a Motopark, equipe da F4 Alemã, venceu as três provas disputadas. Jonathan Aberdein chegou três vezes na frente, com Logan Sargeant, badalado kartista que fez a estreia nos monopostos, em segundo em todas.

*** Após a prova da Nascar em Martinsville, Michael McDowell e A.J. Allmendinger foram levados ao centro médico por desidratação.

*** Ainda em Martinsville, um carro atropelou ao menos 22 pessoas no estacionamento. Todas foram liberadas do hospital. O motorista foi autuado.

*** Sem maiores surpresas, Oswaldo Negri foi confirmado pela equipe de Michael Shank para guiar um dos novos Acura NSX GT3 na Imsa em 2017. Além dele, o time contará com Andy Lally, Katherine Legge e Jeff Segal. As duplas ainda não foram anunciadas.

*** O mexicano Johnny Hamui foi o vencedor deste ano da GT Academy, aquele programa da Nissan que descobre novos pilotos no PlayStation.

*** Sam Michael, que durante muito tempo atuou como engenheiro da Williams e da McLaren, trabalhará na Supercars, da Austrália, no ano que vem. Ele foi contratado pela Triple Eight, equipe que conta com o apoio da Red Bull.

*** Ao longo do fim de semana, dois novos carros foram apresentados no TCR: o KIA Cee e o Peugeot 308. Ambos poderão ser usados já em 2017.

*** Se der tudo certo, entre o fim desta semana e o começo da próxima, o problema técnico do blog estará normalizado e a rotina de posts também.

*** Se você perdeu algum resultado das principais categorias do automobilismo mundial no último fim de semana, basta clicar aqui.