Fim de jejum para Helio Castroneves

Eliminado da luta pelo título, Helio Castroneves encerrou um incômodo jejum com o terceiro lugar obtido na etapa de Watkins Glen da Indy.

É que desde 2010 ele não conseguia um pódio quando o campeonato chegava em suas quatro últimas etapas.

Naquele ano, o piloto da Penske venceu no Kentucky e em Motegi (além de ser sexto em Chicago e quinto em Homestead-Miami) para terminar a temporada na quarta colocação.

Depois, acumulou abandonos e corridas fora do top-10. Em 2011, por exemplo, foi 17º em Baltimore, 22º em Motegi e 29º no Kentucky. A última corrida, em Las Vegas, foi cancelada após o grave acidente que culminou com a morte de Dan Wheldon.

Essa perda de desempenho nas provas finais atrapalhou boas chances de título do brasileiro. Em 2013, Castroneves chegou a Houston como líder do campeonato, mas viu Scott Dixon ser campeão. No ano seguinte, foi a vez de Will Power virar o jogo contra o brasileiro nas etapas decisivas.

Dessa vez, o brasileiro tem andando bem nas corridas finais. É verdade que ele abandonou em Pocono, mas não teve culpa no acidente no pit-lane com Charlie Kimball e Alexander Rossi. Depois, foi o quinto no Texas e, agora, terminou em terceiro em Watkins Glen.

Pode ser tarde demais para o título, mas é sempre bom mostrar para a Penske que segue afiado, ainda mais com Josef Newgarden sendo especulado no time para 2017.

Você pode clicar aqui para ver os resultados completos da Indy em Watkins Glen, assim como os das principais categorias do automobilismo mundial neste fim de semana.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s