*** A Nascar enfim teve uma corrida completa na chuva, neste fim de semana em Mid-Ohio. Os carros foram equipados com pneus de chuva e puderam competir normalmente.

*** Mas como os pilotos não estão acostumados com a pista molhada, muitas vezes os líderes rodavam sozinho ao perder o ponto de frenagem. Melhor para Justin Marks, veterano da Imsa, que levou o carro 42 da Ganassi à vitória.

*** Andy Lally, também da Imsa, chegou a liderar a prova por três voltas competindo por uma das piores equipes do certame. Alon Day, da Nascar Europeia, terminou em 13º na estreia na Xfinity.

*** Nelsinho Piquet, que retornou à Nascar depois de cerca de dois anos, abandonou após se envolver sem culpa em um acidente com Erik Jones e Brendan Gaughan. Assista aos piores melhores momentos:

*** Apesar do show da Nascar na chuva, a grande cena do fim de semana aconteceu na F4 Inglesa, com Petru Florescu dando socos no companheiro Devlin DeFrancesco após uma batida.

*** O romeno acabou excluído do fim de semana, perdendo a vitória que havia conquistado na primeira bateria. Pior, caiu da liderança do campeonato para a sexta colocação.

*** Ainda sobre o que aconteceu em Knockhill, Jason Plato, da Subaru, largou na Poe e venceu a primeira bateria da etapa escocesa do BTCC, justamente na 500ª corrida na qual competiu na categoria.

*** Vencedor do GT Academy, aquele programa da Nissan de descobrir pilotos no videogame, há cinco anos, Bryan Heitkotter venceu as duas corridas etapas da Pirelli World Challenge em Utah.

*** A Honda levou o novo Acura NSX GT3 para a etapa de Utah, mas o carro, que só deve estrear no ano que vem nos EUA, participou apenas dos treinos livres. Curiosamente, teve um “problema” no GPS e não marcou tempo.

*** Falando na PWC, Canaan O’Connell, filho de Johnny O’Connell (atual piloto da Cadillac) estreou na divisão TCB com um segundo e um quinto lugares pilotando um Chevrolet Sonic.

*** Katsumasa Chiyo está fora da etapa deste fim de semana da F3 Japonesa. O piloto japonês sofreu uma lesão nas costas em um acidente na última etapa do Super GT, em Fuji, e não foi liberado pelos médicos para correr.

*** Na Australia Supercars, a Red Bull, que já é a maior equipe do certame, contará com o apoio de fábrica da Holden a partir do ano que vem.

*** Se você perdeu algum resultado das principais categorias do automobilismo mundial no último fim de semana, basta clicar aqui.