Fight na F4 Inglesa

Apesar de ter apenas 17 anos de idade, Petru Florescu já viveu os altos e baixos da carreira de um piloto.

Em 2014, aos 15, sofreu um grave acidente quando estava no auge da forma no kartismo, quebrando as duas pernas. Recuperado em alguns meses, avaliou que era melhor passar os resto daquele ano treinando nos monopostos pela Carlin para adiantar a transição.

Pela mesma equipe, estreou na F4 Inglesa (MSA) no ano passado, mas decepcionou. Em 30 corridas, não marcou nenhuma pole, não venceu nem foi ao pódio. Terminou o campeonato em 11º, enquanto seus dois companheiros, Lando Norris e Colton Herta, foram campeão e terceiro colocado, respectivamente.

Para 2016, Florescu decidiu por mais um ano na F4 Inglesa, afinal, ficou claro que ainda não estava preparado para dar o próximo passo na carreira. E vale um parêntese para lembrar que o romeno também participou das duas primeiras rodadas da Euroformula Open e de duas rodadas da F-Renault Eurocup, mas indo mal em ambos.

No campeonato britânico, a insistência vinha dando resultado. Com cinco vitórias nas seis primeiras rodadas triplas, ele havia chegado neste fim de semana a Knockhill como o líder do campeonato. E ele até que começou bem a etapa com novo primeiro lugar na primeira bateria.

O problema foi na segunda corrida. Faltando cinco minutos para o fim da prova, Florescu se envolveu em um acidente com o companheiro de equipe Devlin Defrancesco.

Frustrado com a batida, ele foi na direção do canadense, não pensou duas vezes e começou a socá-lo. A coisa só não virou cenas lamentáveis porque um fiscal-ninja apareceu do nada e conseguiu separá-los. Assista a briga:

Florescu foi punido com a exclusão da etapa, perdendo a vitória na primeira bateria e ficando de fora também da terceira prova. Defrancesco, além do acidente, perdeu dez posições no grid da corrida 3, na qual somou apenas dois pontos.

O prejuízo para ambos foi tão grande para ambos que Max Fewtrell é o novo líder da categoria, embora a diferença de pontos dele para Florescu, agora apenas o sexto, é de somente 30.

Restam três etapas para o fim da temporada. A próxima acontece em Rockingham, nos dias 27 e 28 de agosto.

Quanto à atitude do romeno, o uso da violência é sempre reprovável em uma competição esportiva. Mas levando em conta a pouca idade dele e a frustração dos altos e baixos que enfrentou nos últimos anos, dá para entender que estava de cabeça quente. A punição, portanto, foi no ponto e necessária. Dura nesse momento (em que perdeu a liderança), mas que não deve condená-lo pelo resto da carreira.

Você pode clicar aqui para ver os resultados completos da F4 Inglesa em Knockhill, assim como os das principais categorias do automobilismo mundial neste fim de semana.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s