*** Se o título do resumo do último fim de semana foi “Massa mal, Nasr bem”, dessa vez os dois estão mal. Pela primeira vez os dois abandonaram uma mesma corrida na F1.

*** Quem está bem mesmo é Lewis Hamilton. O britânico se tornou o primeiro piloto a ganhar quatro corridas em um mesmo mês na F1. Ele levou a melhor na Áustria, Inglaterra, Hungria e Alemanha, quatro pistas com características bem distintas.

*** O GP da Alemanha teve 73 ultrapassagens, sendo 30 com o uso da asa traseira móvel. Nenhuma, evidentemente, pela liderança.

*** E Scott Dixon teve um fim de semana para esquecer em Mid-Ohio. Apesar de ele já ter vencido cinco vezes na pista (inclusive uma após largar em último), dessa vez ele partiu apenas da 11ª posição do grid e terminou em último, após se envolver em um toque com Helio Castroneves.

*** Como resultado, Dixon é apenas o sexto na tabela de ponto, pior posição dele no campeonato desde 2006, quanto terminou o ano apenas em 13º.

*** Dois brasileiros foram ao pódio em Mid-Ohio. André Negrão foi segundo e terceiro nas dus baterias da Indy Lights (chegando ao terceiro pódio seguido) e Victor Franzoni foi segundo, terceiro e quarto na rodada tripla da USF2000.

*** Para terminar Mid-Ohio, Austin Cindric, filho do presidente da Penske, Tim Cindric, conquistou a pole para a corrida da Pirelli World Challenge. Ele corre com uma McLaren.

*** Após um começo pavoroso da temporada Sergey Sirotkin assumiu a liderança da GP2, ao empatar em pontos com Pierre Gasly. Depois de um início de temporada extremamente indefinida da categoria, a luta pelo título deve ficar entre esses dois pilotos.

*** Gasly, aliás, teve um fim de semana cheio na Alemanha. Acabou desclassificado da primeira prova, foi o sexto na segunda, mas ficou marcado mesmo foi pelo extintor do carro ter sido acionado durante a corrida.

*** Ainda em Hungaroring, Andrew Tang, primeiro campeão estrangeiro da Toyota Racing Series, estreou na Porsche Supercup e terminou em 13º.

*** Caio Collet ficou com a sexta colocação no Europeu de kart. Na última etapa, em Genk, o brasileiro teve problemas na classificação e não marcou pontos. Conseguiu se recuperar nas baterias intermediárias e foi o 16º na final. O título ficou com o britânico Finlay Kenneally. O outro brasileiro, Gianluca Petecof, não passou para a final da etapa e fechou o certame em 44º.

*** Se o número 13 foi banido por muito tempo na F1 e em diversas categorias do automobilismo europeu, o que falar da Ferrari de Oliver Gavin, Joe Osborne, Jon Minshaw e Phil Keen, que disputou as 24 Horas de Spa com o número 666? Foram 17º na geral e terceiro na divisão Pro-Am.

*** Jeff Gordon foi apenas o 28º na etapa da Nascar em Pocono, mas houve uma explicação: ele precisou tirar o pé na última relargada para prender o cinto de segurança, que havia se soltado.

*** Dois acidentes bizarros aconteceram neste fim de semana. O primeiro foi na ARCA, em Pocono, quando dois mecânicos foram atropelados pelo piloto Gus Dean, que rodou quando tentou fazer a parada. Os dois foram examinados pelos médicos e passam bem.

*** Mas o acidente mais esquisito veio do BTCC, em Snetterton. Na largada da segunda bateria, um carro voou por cima do muro de proteção e derrubou a estrutura em que ficava um cameraman. Apesar da gravidade, ele não se feriu. Assustador.

https://twitter.com/Crashingtv/status/759795367005134848

*** O acidente fez com que a terceira vitória de Colin Turkington com a Subaru fosse de certa forma ignorada. Apesar de ter ficado de fora de uma etapa e de ter um carro pouco competitivo no começo do ano, ele já é o quinto na tabela de pontos.

*** Enzo Fittipaldi conquistou a melhor posição de largada na Ginetta Junior. Foi o sétimo. Mas fechou as duas baterias apenas em 15º e 18º. Ele negocia para correr na F4 Inglesa no ano que vem.

*** E diversos brasileiros estiveram na Argentina para participar dos 200 km de Buenos Aires. Ao lado de Esteben Guerrieri, Ricardo Zonta, em oitavo, foi o mais bem classificado. Galid Osman (e Damian Fineschi foram o 13º), Daniel Serra (Norberto Fontana, 17º), Ricardo Maurício (Facundo Chapur, 26º) e Valdeno Brito (José Manuel Urcera, 29º) também correram.

*** A vitória ficou com Agustín Canapino e Guillermo Ortelli. Nestor Girolami, que corre na Stock Car,  foi o 20º. Pena a corrida acontecer no mesmo dia que as 24h de Spa. Talvez pudesse atrair mais pilotos internacionais.

*** Na Lamborghini SuperTrofeo europeia, duas vitórias para Patrick Kujala e Adrian Amstutz em Spa.

*** Se você perdeu algum resultado do fim de semana nas principais categorias do automobilismo mundial, basta clicar aqui.