Treinos da F-V8 3.5 2016 em Aragón

Louis Délétraz foi o mais rápido nos treinos, mas não é o favorito ao título
Louis Délétraz foi o mais rápido nos treinos, mas não é o favorito ao título

Com apenas 15 carros na pista, a F-V8 3.5, categoria que substitui a antiga World Series by Renault, esteve no último fim de semana na pista de Aragón para dois dias de treinos coletivos antes do início da temporada.

Com relação ao grid do ano passado, Dams, Tech 1, Draco, Carlin e Pons deixaram a categoria, enquanto a Strakka não assinou com nenhum piloto para a primeira etapa, apesar de ter participado da pré-temporada.

O caso mais curioso foi o da Pons. O time espanhol havia fechado contrato com Alex Bosak e Beitske Visser para 2016, mas precisou dispensar os dois porque quem operava a escuderia no dia a dia era a equipe de Emilio de Villota, que se fundiu com a novata Teo Martin.

Assim, em 2016, a Pons corre apenas na Moto2.

Entre quem participou dos testes, o melhor tempo ficou com Louis Délétraz, quem tem à disposição o equipamento já usado por Oliver Rowland, Stoffel Vandoorne e Robin Frijns nos últimos anos.

O suíço, porém, não é o favorito o título. É Tom Dillmann, que já correu na GP2. O francês ficou com o quarto tempo na classificação geral, mas foi o segundo mais veloz no primeiro dia de atividades, quando as condições de pista não eram as ideais.

Mais veloz no primeiro dia, Egor Orudzhev foi o segundo na soma dos tempos, enquanto Matthieu Vaxivière, outro veterano do certame, fechou em terceiro.

Pietro Fittipaldi ficou no top 5 na soma dos tempos
Pietro Fittipaldi ficou no top 5 na soma dos tempos

Pietro Fittipaldi, no segundo carro da Fortec, foi o quinto, embora o desempenho do brasileiro ao longo dos dois dias de treinos não tenha sido tão bom. Ele ficou mais perto da parte debaixo do top 10 que brigando pelos primeiros postos.

Aurélien Panis, que chegou a liderar as atividades em Barcelona, na última semana, foi o sexto, seguido por Beitske Visser, que arrumou uma vaga no time de Teo Martin depois de ter sido liberada pela Pons.

Yu Kanamaru, que vinha sendo um dos destaques dos treinos coletivos até aqui, fechou em oitavo, seguido por Roy Nissany e por Johnny Cecotto Jr, que volta aos monopostos depois de ter sido o quinto colocado na GP2 de 2014.

O time de ex-GP2 ainda conta com René Binder, ex-parceiro de André Negrão na Arden e pela equipe Durango, que inscreverá um carro para o gentleman driver Giuseppe Cipriani.

O outro brasileiro na atividade foi Vitor Baptista, que teve problemas com o carro na manhã do primeiro dia e não marcou tempo. Depois, não conseguiu ir além do 14º lugar, o que indica uma temporada ao menos complicada para ele em 2016.

Um último detalhe foi a participação de Matevos Isaakyan, que também vai competir na GP3. O russo entra no lugar de Vladimir Atoev, que acabou sacado pela equipe SMP após o fraco desempenho na pré-temporada até então.

Atoev, no ano passado, disputou a F4 Norte-Europeia, e um pulo para a F-V8 3.5 seria grande demais.

Os carros voltam à pista neste fim de semana para a primeira etapa do ano, na mesma pista de Aragón.

Confira os tempos combinados dos treinos em Aragón:

treinos da f-v8 3.5 em aragón

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s