Treinos da F4 MSA em Brands Hatch

Luis Leeds
Luis Leeds liderou os treinos da F4 MSA em Brands Hatch

Daniel Ricciardo talvez seja o maior exemplo recente de piloto australiano que fez sucesso primeiro no Reino Unido antes de ganhar as pistas do mundo todo. Mas há inúmeros exemplos que trilharam o mesmo caminho. De Russell Ingall a James Courtney, passando por Will Power.

E uma nova geração de competidores do país da Oceania está tomando conta do território britânico. Eles vão competir na F4 MSA, que na última semana esteve em Brands Hatch para o primeiro dia de atividades coletivas da pré-temporada.

E quem levou a melhor foi Luis Leeds, recém-chamado para o Junior Team da Red Bull, que marcou o tempo de 45s974.

Competindo pela Arden, Leeds vai fazer a primeira temporada em território europeu depois de ter sido o sexto na F4 Australiana em 2015. Na verdade, ele tinha condições de chegar em terceiro, mas uma etapa de pesadelo no Parque Olímpico de Sydney, com três abandonos o derrubou na tabela.

A segunda colocação ficou com o também australiano Zane Goddard, que competiu com o carro da Double R, pilotado por Matheus Leist no ano passado. Ele fechou 0s034 atrás de Leeds,com quem competiu na F4.

Jamie Caroline surpreendeu em terceiro. Correndo pela Jamun, o britânico, que já declarou pretender seguir carreira nos carros de turismo, liderou o exército de graduados da Ginetta Junior na F4 MSA.

Além dele, Billy Monger (sexto colocado), Patrik Matthiesen (décimo), Frank Bird (15º) e Devlin DeFrancesco, que não participou da atividade, vieram da Ginetta.

O veterano Lord Sennan Fielding foi o quarto.

Protegido de Allan McNish e vencedor da F-Kart Stars, de Bernie Ecclestone, Ross Martin colocou o carro da Fortec em quinto, à frente de Monger. Ayrton Simmons, que estreia nos monopostos em 2016, foi o sétimo.

Único brasileiro confirmado no grid até agora, Rafael Martins fechou em oitavo. Levando em conta que ele já tem um ano de experiência na categoria e agora fechou com uma equipe grande, o resultado deixou a desejar, embora Brands Hatch, pela pequena extensão, não seja um bom parâmetro para avaliações.

Jack Butel, outro que retorna ao certame, foi o décimo, com Carrie Schreiner, da F4 Alemã, vindo longo atrás.

Outros dois nome merecem destaque. Harry Hayek, em 13º, completou o trem australiano, enquanto Frank Bird, filho de Paul Bird ex-dono de equipe na MotoGP, foi o último.

O resultado das atividades, porém, pode não significar muita coisa, já que a principal equipe de F4, a Carlin, não esteve presente. O time terá DeFrancesco, James Pull e Max Fewtrell neste ano.

Veja os resultados completos dos treinos:

treinos da msa formula em brands hatch

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s