5 pilotos que se destacaram na Toyota Racing Series 2016

A Toyota Racing Series 2016 teve bons pilotos
A Toyota Racing Series 2016 teve bons pilotos

Primeiro campeonato do ano, a Toyota Racing Series chegou ao fim após cinco etapas em cinco finais de semana consecutivos. E quem levou a melhor foi Lando Norris, o primeiro britânico a vencer o certame.

Só que o piloto da Carlin na F4 Inglesa não foi o único a se destacar na categoria. Confira quem mais aproveitou os primeiros meses do ano na Nova Zelândia para começar 2016 em alta nesta lista-retrospectiva.

Antoni Ptak

5) Antoni Ptak

O jovem piloto polonês de 18 anos de idade estreou nos monopostos na última temporada na Euroformula Open, passando longe da luta pelo título: foi o 13º, com apenas 19 pontos marcados e tendo terminado na zona de pontos em apenas quatro oportunidades.

Cotado para ocupar o fim do grid na Toyota Racing Series, Ptak não demorou para surpreender, com um pódio logo na segunda etapa, em Teretonga. Depois, obteve mais um terceiro lugar em Manfeild e dois top-5.

Com quatro abandonos ao longo da campanha, o polonês caiu na tabela, fechando em 12º, mas o suficiente para mostrar potencial para brigar na frente e para ter uma boa carreira no esporte a motor. Ainda não anunciou planos para o resto do ano.

Devlin DeFrancesco

4) Devlin DeFrancesco

A Toyota Racing Series é conhecida por ser uma categoria complicada para quem está fazendo a transição do kart para os monopostos.

Em anos anteriores, Dennis Olsen, Callum Ilott, Martin Kodric e Nikita Mazepin tiveram problema de adaptação e não conseguiram bons resultados. DeFrancesco, porém, não se intimidou com o carro mais potente que um F-Renault, abandonou só uma vez e fechou a temporada em décimo.

Apoiado pela Ganassi, o canadense de 16 anos, que teve o quinto lugar em Teretonga como melhor resultado, vai correr na F4 MSA em 2016.

Jehan Daruvala

3) Jehan Daruvala

Contando com o apoio da Force India, Daruvala teve um 2015 apagado. Estreando nos monopostos, obteve apenas três pódios na F-Renault NEC, além de duas poles e umterceiro lugar na Alps.

A Toyota Racing Series, portanto, seria a chance de se firmar no esporte a motor. Aconteceu como o esperado, o indiano foi vice-campeão da categoria, com três vitórias (sendo duas em corridas principais) e uma pole-position. Em algumas provas, pareceu ser o único competidor capaz de superar Lando Norris.

Mas esse desempenho pode não ser suficiente para chegar à F1. Sergio Pérez e Nico Hulkenberg mostraram nas categorias de base estarem muito acima de seus adversário, patamar ao qual Daruvala ainda não alcançou. Para 2016, ele vai correr na F-Renault Eurocup pela Josef Kaufman.

Pedro Piquet win

2) Pedro Piquet

Bicampeão da F3 Brasil, o filho de Nelson Piquet vivia a expectativa de como iria se sair contra os principais pilotos do automobilismo europeu. Com uma pole e duas vitórias, a resposta foi melhor que a esperada.

Piquet rapidamente se colocou como principal adversário de Norris na luta pelo título, embora jamais tenha ameaçado o piloto inglês.

Ele terminaria com o vice-campeonato se não fosse um fim de semana de pesadelo em Manfeild, com um acidente na primeira corrida e uma punição por ultrapassar em bandeira amarela na bateria final.

Neste ano, vai competir na F3 Euro pela Van Amersfoort.

Lando Norris

1) Lando Norris

Não há muito o que dizer da campanha do piloto inglês. Foram seis vitórias e outros cinco pódios, além de oito poles em 15 corridas. Depois de vencer a F4 MSA, o título da Toyota Racing Series serviu para confirmar que o britânico está no caminho certo rumo à F1.

Ser filho de um dos homens mais ricos do mundo também é outra grande vantagem na carreira.

O próximo passo será disputar a F-Renault Eurocup pela Josef Kaufman, onde reeditará a parceria com Daruvala. Ele também vai disputar a F4 Inglesa pela Carlin, embora haja alguns choques de data entre as categorias.

Você pode clicar aqui para ver os resultados completos da etapa de Manfeild da Toyota Racing Series, assim como das principais categorias do automobilismo mundial no último fim de semana.

 

Anúncios

5 comentários sobre “5 pilotos que se destacaram na Toyota Racing Series 2016

  1. O Markelov realmente foi mal para um piloto com a experiência que ele tem. O Pedro disse que na primeira corrida da quinta etapa, o russo tirou ele da prova ( http://br.motorsport.com/openwheel/news/coluna-do-pedro-piquet-valeu-a-preparacao-para-2016-673552/ ) . Depois, na última prova, o mesmo Markelov diminuiu o ritmo para que o Pedro passasse (por ordem da equipe), quase causando outro acidente. O Piquet teve muito azar nessa última etapa. O Guanyu Zhou foi bem na primeira metade, mas depois decaiu. Vai ser adversário do Piquet na F3, e companheiro do Sérgio Camara. Eu também não conhecia o Ferdinand Habsburg e nem o Brendon Leitch. Achei que eles foram bem e mostraram velocidade. Será que têm futuro?

  2. Bem lembrado.
    Não que esperasse alguma coisa dos Baptistas,mas eles foram bem mal.

    Parece que a familia com esse nome boa mesmo é a do Vitor.

    1. Markelov, com certeza. Voltando para l segundo ano e sendo o mais experiente do grid, tinha que brigar pelo título. No fim, se envolveu em acidentes demais e só quatro pódios. Zhou também foi mal, até porque o último piloto da Ferrari foi campeão da Toyota Racing Series.

      James Munro foi outro abaixo da expectativa. Terceiro ano na TRS, já conhecia as pistas desde a época da F-Ford e nada. Mas acho que o problema dele é perder a confiança depois que qualquer coisinha sai errado.

      A Juncos perdeu (Buret, Dapero e Owen foram mal e vão correr para eles em 2016). E a F3 Brasil, com Dapero e R.Baptista também. Pena depois da boa geração de 2014.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s