A esperança de Hornish a caminho da Nascar

Hope Hornish vai correr de Late Models em 2016
Hope Hornish vai correr de Late Models em 2016

A temporada 2016 da Nascar está para começar, e Sam Hornish Jr ainda não sabe para quem vai correr. Após ser contratado pela equipe de Richard Petty no ano passado, ele acabou dispensado por causa do fraco desempenho – era o pior largador/relargador do grid, por exemplo – e foi substituído por Brian Scott.

O vencedor das 500 Milhas de Indianápolis de 2006, no entanto, já tem um compromisso para este domingo, dia 31: acompanhar a sobrinha Hope na estreia nos Late Models, modalidade geralmente usada por quem quer seguir carreira na Nascar.

Aos 19 anos, a pilota disputou corridas de kart até o ano passado e começou a participar de provas de carros de turismo para começar a transição. No entanto será em 2016 que ela se dedicará para valer aos ovais.

Neste domingo, ela participará de uma corrida no oval de Crisp, no estado da Geórgia, e fará a preliminar da prova que marcará o retorno de Kyle Busch às competições após a operação que sofreu no fim da temporada passada da Nascar, quando se sagrou campeão.

Como Sam Hornish fez a carreira nos monopostos, ele não tem muito como ajudar a sobrinha nesse momento da carreira, além das dicas básicas de nunca colocar o pai para brigar em Watkins Glen e coisa do tipo.

O carro de Hope para o fim de semana
O carro de Hope para o fim de semana

Para os fãs da Indy, a notícia é bem ruim. Se a categoria cujo grid está diminuindo ano após ano ganharia muito com o retorno de Hornish, ver que ele não está recomendando o campeonato nem para a própria família é um golpe duro.

Pancada similar com a recebida há alguns anos quando Billy Boat resolveu montar uma equipe na Nascar para seu filho.

Mas não deixa de ser um reflexo da situação vivida pelo campeonato de monopostos, que não consegue renovar o grid com jovens de talento. Se não contarmos Josef Newgarden, os outros campeões da Indy Lights vão tendo problemas para se juntar à categoria principal.

Spencer Pigot, o atual vencedor do campeonato de acesso, está confirmado em apenas três corrida deste ano na Indy pela RLL, enquanto Sage Karam só está garantido nas 500 Milhas. Gabby Chaves, o campeão de 2014, ainda não foi anunciado, mas deve renovar o contrato com o time de Bryan Herta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s