As equipes da F3 Euro 2016

A F3 Euro deve ter grid cheio novamente em 2016
A F3 Euro deve ter grid cheio novamente em 2016

A organização da F3 Euro divulgou nesta terça-feira, dia 22, a lista das equipes pré-selecionadas para a temporada 2016 da categoria. Ao todo, 13 times se inscreveram, somando 39 carros.

No entanto, esse número não significa que quase quatro dezenas de competidores vão estar nas pistas no ano que vem. As equipes apenas disseram à FIA quantos carros pretendem inscrever em 2016. Agora, precisam encontrar pilotos para ocupá-los.

Os times selecionados foram Prema, Carlin, Mücke, Fortec, Double R, Hitech, T-Sport, Motopark, Signature, West-Tec, Van Amersfoort, DAV e Jo Zeller.

Com relação a 2015, saem a equipe B da Carlin, a Eurointernational e a ArtLine. Entram Hitech e DAV e retorna a Jo Zeller.

Começando pela Carlin, o novo regulamento diz que as equipes podem inscrever no máximo quatro carros no ano que vem, contando entre equipe principal e satélites. A Carlin tinha seis entre a esquadra principal e a B, bancada pela Jagonya Ayam.

Assim, sendo obrigada a diminuir, a lógica foi acabar com o time B, até porque a Jagonya Ayam retirou o investimento, uma vez que Sean Gelael e Antonio Giovinazzi, os pilotos apoiados pela empresa, estão indo para categorias maiores.

Para não deixar os carros parados, a esquadra inglesa é especulada na Euroformula Open. A mudança faz sentido, já que a Carlin disputa a F3.5 V8, categoria que vai dividir os circuitos com a Euroformula no ano que vem, não precisando de grandes mudanças logísticas para tomar parte dos dois certames.

Caso a mudança se confirme, Trevor Carlin dará continuidade ao plano de participar de todas as categorias do mundo.

Concorrente da Dallara, a ArtLine não se inscreveu para o campeonato
Concorrente da Dallara, a ArtLine não se inscreveu para o campeonato

A saída da Eurointernational já era esperada, visto que o time esteve apenas nas primeiras etapas de 2015, enquanto a ArtLine não seguiu em frente com o projeto de criar um carro concorrente ao Dallara.

O novo chassis estreou nas últimas etapas do ano, mas esteve longe do ritmo dos primeiros colocados.

Após tirar George Russell da Carlin e promover Nikita Mazepin da F-Renault NEC, a Hitech foi confirmada na F3 Euro.

A equipe é comandada por David Hayle, responsável pelo time no começo da década passada, e pelo ex-piloto Oliver Oakes, um dos principais motivadores do novo projeto. A família Mazepin tem financiado o time.

A DAV acabou sendo a surpresa da lista, já que o time tem conseguido bons resultados na Euroformula Open, embora seja a terceira ou quarta força do certame.

Quanto à Jo Zeller, a organização da F3 precisará ficar atenta para saber o quanto é uma equipe independente. Apesar do longo histórico da esquadra no certame, no ano passado ela era a responsável por operar dois carros da Mücke, o de Santino Ferrucci e o de Kang Ling.

Dois brasileiros estão confirmados para a F3 Euro 2016: Pedro Piquet vai correr pela Van Amersfoort e Sergio Sette Câmara, pela Motopark.

Você pode clicar aqui para ver os pilotos confirmados para 2016.

Anúncios

2 comentários sobre “As equipes da F3 Euro 2016

    1. Última vez que você postou aqui algo assim, sobre o Pedro Piquet, as notícias dele saíram no dia seguinte. Vai que dessa vez…

      Mas o Pietro testou pela Carlin na F3 e na F3.5 V8. É provável que corra pela equipe inglesa em alguma delas ou em ambas. Espero que seja na F3, ele não me parece pronto para um pulo grande nesse momento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s