V8 Supercars 2016 quase definida

Chaz Mostert volta á Prodrive em 2016 após a lesão neste ano
Chaz Mostert volta á Prodrive em 2016 após a lesão neste ano

Principal categoria do automobilismo australiano, a V8 Supercars ainda nem terminou a temporada 2015 – embora seja improvável que Mark Winterbottom perca o título –, mas o mercado de pilotos para 2016 está bem aquecido.

O curioso é que praticamente todas as equipes de ponta terão mudanças para o ano que vem, exceção feita ao time de fábrica da Holden, que vai manter Garth Tander e James Courtney nos carros.

A Prodrive, dominante em 2015 com o equipamento da Ford, seguirá com Winterbottom e terá o reforço de Chaz Mostert, que está fora de ação desde um forte acidente sofrido nos treinos para a tradicional etapa de Bathurst.

A outra novidade é na equipe satélite da Prodrive, a de Rod Nash, que perderá David Reynolds. O atual terceiro colocado na tabela de pontos será um dos pilotos da Mercedes, na Erebus, e deve ser substituído por Cameron Waters, atual líder da Dunlop Series (a divisão de acesso), no carro 55.

Na Erebus, Reynolds, que será companheiro de Ashley Walsh, substitui Will Davison, novo contratado da Tekno.

O australiano, com passagens pelas equipes de fábrica de Holden, Ford e Mercedes, entra na vaga de Shane van Gisbergen no time de um carro só.

Apesar de o equipamento da Tekno ser montado pela Triple Eight, a principal equipe do certame, Van Gisbergen de fato correrá pela 888 no ano que vem. Como a escuderia apoiada pela Red Bull conseguiu uma terceira licença para inscrever carros em 2016, ela contratou o popular neozelandês.

Outro piloto da Nova Zelândia que terá novos ares é Fabian Coulthard, primo de segundo grau do ex-F1 David Coutlhard. Quarto colocado na tabela, ele deixa a equipe de Brad Jones para andar pela Penske, ao lado de Scott Pye.

Tim Slade, que estava na Walkinshaw, uma parente distante da Arrows na F1, será o substituto.

Volvo e Nissan, as outras duas montadoras da V8 Supercars, também terão mudanças. É que a montadora sueca, com Scott McLaughlin, tirou James Moffat da rival japonesa. E, por enquanto, a Nissan terá Rick Kelly, Todd Kelly e Michael Caruso.

A última mudança está na equipe neozelandesa Super Black, que corria com uma licença emprestada pela Penske. Como o time americano contratou Coulthard para o segundo carro, os neozelandeses ainda não sabem se vão continuar no certame. Neste ano, eles inscreveram o novato Andre Heimgartner.

O carro da Walkinshaw, o segundo da LDM, o segundo da Brad Jones e o da Britek ainda não têm seus donos definidos para 2016.

Você pode clicar aqui para ver o grid da V8 Supercars 2016.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s