3 dramas da V8 Supercars em Bathurst

Chaz Mostert sofreu um grave acidente em Bathurst
Chaz Mostert sofreu um grave acidente em Bathurst

Principal corrida da temporada da V8 Supercars, a etapa de Bathurst, disputada no último fim de semana, foi cheia de dramas, embora a disputa na pista não tenha sido tão boa.

E parte do tédio começou na sexta-feira, dia 9, quando Chaz Mostert, da Prodrive, sofreu um grave acidente com seu Ford, quebrando uma perna e o pulso e ficando de fora não só da corrida na montanha, mas também do restante da temporada.

Mostert, que ocupava a segunda colocação na tabela antes de Bathurst, era praticamente o único piloto que poderia evitar Mark Winterbottom, seu companheiro de equipe, de conquistar o título deste ano.

Longe da V8 Supercars enquanto se recupera, o jovem piloto de 23 anos viu Winterbottom terminar em segundo em Bathurst e disparar na classificação, abrindo 399 pontos para Craig Lowndes, o novo vice-líder e ganhador na montanha.

Simona foi ofendida pelo companheiro de equipe
Simona foi ofendida pelo companheiro de equipe

REYNOLDS

Competindo pela equipe de Rod Nash, e com apoio da Prodrive, David Reynolds se envolveu em uma polêmica na última etapa.

Ao pedir para que comentasse o fato de ter duas mulheres como companheiras de equipe, Renee Gracie e Simona de Silvestro, que correram como convidadas, ele apelidou o carro das moças de Pussywagon.

Obviamente, o piloto foi multado em 25 mil dólares australianos pela organização da V8 Supercars pelo comentário machista, além de ter criado um climão dentro do time.

Bizarramente, alguns fãs até criaram uma campanha de financiamento coletivo para pagar o valor, mas Reynolds pediu para cancelarem o projeto, porque ele precisava arcar com as próprias responsabilidades.

Fabien Coulthard (dir.) será o novo piloto da Penske no ano que vem
Fabien Coulthard (dir.) será o novo piloto da Penske no ano que vem

COULTHARD NA PENSKE

A Penske anunciou a contratação de Coulthard para 2016. Mas não estamos falando da divisão da equipe na Indy nem do ex-piloto de F1 David Coulthard, com passagem por McLaren e Red Bull.

Foi a DJR Penske, o time da V8 Supercars, que terá Fabien Coulthard (primo de segundo grau de David) no ano que vem. O piloto neozelandês, que fará a décima temporada na categoria, foi contratado por causa da experiência e terá como objetivo liderar a escuderia no ano que vem.

Neste ano de estreia da Penske na Austrália, o time teve problemas com os pilotos. Marcos Ambrose, que havia trocado a Nascar pela V8, não conseguiu se adaptar e deixou a equipe após apenas duas etapas. Para o lugar, veio Scott Pye, jovem que chegou a ser companheiro de equipe de Pipo Derani na F3 Inglesa.

Pye até conseguiu alguns top-5, mas passou longe das vitórias. E isso em um ano que o equipamento da Ford foi dominante, algo não aproveitado pela escuderia.

Levando em conta que a Penske está sempre brigando pelo título, seja na Nascar, seja na Indy, trazer alguém capaz de vencer é uma estratégia mais do que óbvia.

Você pode clicar aqui para ver os resultados completos de Bathurst, assim como das principais categorias do automobilismo mundial no último fim de semana.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s