Pascal Wehrlein fez a Audi passar vegonha neste sábado
Pascal Wehrlein fez a Audi passar vegonha neste sábado

Nada como um fim de semana depois do outro no DTM. Da última vez que foi à pista, no começo do mês de agosto, no Red Bull Ring, a categoria ficou marcada pela ordem da Audi a Timo Scheider para que tirasse Robert Wickens da prova.

Em um primeiro momento, a manobra deu certo. O bicampeão do DTM não só empurrou o carro do canadense, mas, de quebra, também acabou acertando Pascal Wehrlein, então líder do campeonato. Assim, as duas Mercedes deram adeus à disputa.

Só que a comunicação entre pilotos e equipes é monitorada na categoria alemã. Quando a ordem da Audi foi descoberta, Scheider não só foi excluído da segunda corrida da etapa austríaca mas também proibido de correr neste fim de semana na Rússia.

A Audi ainda perdeu os pontos obtidos naquela prova e viu o chefão, Dr. Wolfgang Ulrich, quem efetivamente deu a ordem, ser banido da categoria até o fim da temporada 2015.

Para piorar, a ironia da vida se fez presente neste fim de semana, na sexta etapa do campeonato. Sem Scheider para atrapalhar, a vitória em Moscou ficou justamente com Wehrlein, que venceu um bom duelo com o atual campeão, Marco Wittmann, da BMW.

A Audi também não teve motivos para comemorar. Além da suspensão de Scheider, a montadora de Ingolstadt ainda viu Mattias Ekström abandonar, após causar um acidente besta com Timo Glock, permitindo que Wehrlein retomasse a liderança do campeonato.

Um pesadelo e tanto, portanto, para quem tentou levar a melhor de todas as formas há algumas semanas.

Você pode clicar aqui para ver os resultados completos do DTM na Rússia, assim como os das principais categorias do automobilismo mundial